Secretaria de Direitos Humanos, Família e Mulher realiza posse dos novos conselheiros de Promoção da Igualdade Racial

A Secretaria de Direitos Humanos, Família e mulher, realizou, na última sexta-feira (30), no prédio do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Pinheiro a solenidade de posse dos novos conselheiros, do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial-COMPIR, que contou com a presença da secretária de Direitos Humanos, Família e Mulher, Bianca do Social, da Presidente da Igualdade Racial, Roselia Brito, do Vereador Maguinho do Kiola, da diretora do departamento da Igualdade Racial, Yara Chagas, e do secretário de Indústria, Comércio, Energia e Turismo, Jovane Melo.

Esse conselho será responsável por fiscalizar, deliberar e elaborar políticas públicas na busca da equidade de direitos, buscando acabar com as desigualdades sociais vividas pela população negra no município de Pinheiro. Durante o evento houve a homenagem ao cantor e compositor Doegnes Soares, que faleceu vítima da COVID-19, e foi representado pelo seu irmão, Milton César. Doegnes era um grande símbolo de resistência e luta pelas causas raciais.

O evento contou ainda com a presença da presidente do Conselho dos Direitos da Criança e adolescente, Joina Carvalho, da presidente do Conselho da Mulher, Raíssa Morais, do presidente do Conselho da Cultura, Cris França, e da presidente do Conselho da Pessoa Idosa, Nelcimar Silva. A presença dos presidentes dos conselhos reafirma o comprometimento dessas entidades com o município que são órgãos consultivos e deliberativos que exercem uma função muito importante de comunicação entre o poder público e sociedade civil organizada.

Os Presidentes das comunidades quilombolas de Pinheiro presentes no evento, receberam das mãos do conselho, a comenda Doegnes Soares pelo serviço prestado à cultura Pinheirense e Enaltecimento das manifestações afrodescendentes no município. Os membros do conselho receberam a sua portaria como conselheiros municipais de Promoção de Igualdade Racial.

“Um momento muito importante para todos nós. A partir de agora os pinheirenses terão esse reforço para lutar pelas igualdades de direitos. O trabalho continua avançando em nossa secretaria no intuito de apoiar as iniciativas e projetos voltados para o fortalecimento da família, dos direitos das mulheres e é claro da promoção da Igualdade Racial”, disse Bianca do Social.

Prefeitura de São Luís Gonzaga do Maranhão e Governo do Estado entregam fardamento aos feirantes para complementar os kits-feira já entregues aos trabalhadores.

Para garantir melhor comercialização de produtos, a Prefeitura de São Luís Gonzaga do Maranhão, em parceria com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF), realizou neste final de semana, a entrega de kits fardamento aos feirantes que trabalham nas imediações do Mercado Municipal.

O Prefeito Dr. Júnior recebeu neste sábado, 31 de julho, em sua residência, o Secretário da SAF, Rodrigo Lago, na oportunidade o secretário fez questão de realizar a entrega dos produtos à equipe da Secretária Municipal de Agricultura. O material é um complemento dos 14 kits-feira, entregues aos feirantes pelo prefeito Dr. Júnior no dia 27 de junho deste ano.

*Construindo Uma Nova História!*

São Luís Gonzaga do Maranhão: 1° SEMANA DA JUVENTUDE

A Prefeitura de São Luís Gonzaga do Maranhão, por meio das Secretarias da Juventude, Esportes e Cultura, realizará a I Semana da Juventude Gonzaguense, que acontecerá nos dias 09 a 13/08, onde serão desenvolvidas atividades como; campeonatos de Vôlei, Futevôlei, Dama, Tênis de Mesa e Futebol Feminino. Contaremos também com palestras educativas, um festival de talentose apresentações culturais.
Inscrições abertas até dia 04/08, na secretaria da juventude.

Mais cultura: 2° edição da Feira e Amostra de Artesanato e Culinária Pinheirense deu visual diferente a praça da Família

Essa programação iniciou no sábado, dia 31 de julho, na praça da Família, com uma decoração a parte mudou o cenário e atraiu dezenas de pessoas para o local. A 2ª edição da Feira e Amostra de Artesanato e Culinária Pinheirense é uma realização da Prefeitura de Pinheiro, através da Secretaria Municipal de Cultura. Até o dia 8 de agosto os pinheirenses poderão visitar a feira que conta com peças artesanais variadas e diversos pratos típicos da região que estão em exposição e disponíveis para a venda.

São pinturas em tela, peças de decoração, bordados, crochês, arranjos, tiaras, pintura em tecido, arranjos florais, pinturas abstratas e realistas em quadros, vasos decorativos, vasos de cimento, peças em coco, peças em gesso e resina, anéis, cordões, pulseiras, bonecas, colchas, porta moedas, bolsas, porta tesouras, garrafas, quadros pirografados, laços, caixas personalizadas, feltro, costura criativa, cartões personalizados, lembrancinhas, comidas saborosas com tempero regional e muito mais.

O objetivo do evento é promover a valorização da cultura de nossa região, e incentivar financeiramente a classe cultural tão castigada pela crise sanitária da covid-19.

“É muito importante promover momentos como esse de grande incentivo aos nossos artesãos, cozinheiros e pessoas ligadas à cultura. Aqui temos peças lindas produzidas pelos nossos artistas da terra, essa é uma oportunidade para essas pessoas de lucrar e expor sua arte. Então convido todos os pinheirenses a comparecerem a nossa feira e através da aquisição de produtos incentivar nossos artistas”, disse Paulinho Enfermeiro, Secretário Municipal de Cultura.

Alex Almeida fala da missão em Lago Verde

“Nossa missão aqui é cuidar do bem do nosso povo. Os resultados vão aparecer, a qualidade de vida vai melhorar e o povo de Lago Verde vai se sentir orgulhoso, Estamos trabalhando para isso: para o povo ter orgulho de ser lagoverdense”. Assim o prefeito Alex Almeida classificou sua atuação como gestor em Lago Verde, cumprindo o seu primeiro mandato. Ele lembrou da presença do pai (Raimundo Almeida) na política local (duas vezes prefeito) e considerou que as lições recebidas do genitor o ajudam na missão que agora exerce.

O prefeito, com a presença do vice-governador Carlos Brandão, entregou neste domingo obras financiadas exclusivamente pela administração municipal. Mas recebeu ofertas do Governo do Estado, no plano de parcerias estabelecido pelo municipalismo do governador Flávio Dino. Carlos Brandão foi o portador das boas novas. Destacou o trabalho do prefeito, o bom uso dos recursos públicos e anunciou o estabelecimento de parcerias com o governo local, considerando ser este um reforço para a consolidação do desenvolvimento e do bem-estar da população largoverdense.

Ofertas – Almeida entregou a adequação dos sistemas simplificados de água dos povoados Pau Torto e Siloe, a Unidade Básica de Saúde (UBS) do povoado Vital Brasil, o prédio reformado da prefeitura (Edifício “Joaquim Pinto de Oliveira”) e duas ambulâncias ao Sistema Municipal de Saúde. Sobre elas, a diretora do Hospital Municipal “Joana Almeida”, Osmilda Costa, disse representarem “um grande presente, fruto da preocupação do prefeito com o bom atendimento à saúde pública”. Indagada sobre a Covid-19 no município, ela informou uma situação sob controle, recomendando, porém, obediência às regras sanitárias estabelecidas.

Carlos Brandão chegou trazendo a parceria do Governo do Estado (leia-se Flávio Dino) para a reforma do centro cirúrgico e doação de equipamentos ao hospital municipal, construção da Praça “José Reinaldo Tavares e implantação do Programa Mais Asfalto. Também acompanhou a entrega de kits-feira (ação da Secretaria Estadual de Agricultura Familiar, no ato representada pelo secretário adjunto de Agricultura Familiar e Economia Inclusiva, Ivaldo Rodrigues), de kit esportivo e a assinatura de acordo de cooperação técnica para execução do Maratoninha Maker, do Programa Inova Maranhão (do âmbito da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação – SECIT).

Parcerias – Ao referir-se ao sistema de parcerias, o prefeito referiu-se, também, aos deputados federais André Fufuca e João Marcelo, pela ajuda que têm dado à sua administração. Sobre o primeiro informou o envio de emendas parlamentares para aplicação em obras de saneamento; ao segundo atribuiu a concessão de recursos para a pavimentação em bloquete da Vila “João Alberto”. João Marcelo exaltou a capacidade de trabalho e a visão de administrador de Alex Almeida, “Ao constatar o que foi feito em sete meses, só podemos esperar muito nos próximos meses até a complementação do mandato de Almeida”, prognosticou o deputado. E reafirmou sua ajuda incondicional ao gestor.

Como outros parceiros importantes, aos quais recorre para trocar experiências, o prefeito Almeida citou o colega de Bacabal, Edvan Brandão, que foi prestigiar a programação em Lago Verde, com o secretário de Administração bacabalense, David Brandão. Para Almeida, a reunião desses amigos é o estímulo para o trabalho que ele realiza, com amor, luta e determinação. E distribuiu agradecimentos a Dino, Carlos Brandão, Edvan Brandão, João Marcelo, André Fufuca e David Brandão. E os parceiros reafirmaram a confiança que têm na atuação. O prefeito Brandão parabenizou-o em nome dos bacabalenses e disse ao vice-governador que pode contar com ele em Bacabal.

O prefeito Alex Almeida anunciou, para os próximos dias, o início de importantes empreendimentos e a entrega de novas realizações. Dessa agenda constam unidades básicas de saúde, uma escola nova, 10 escolas reformadas, a orla do açude que será transformada em área de lazer e entretenimento e a construção do centro cultural, Confirmou que prosseguirá incrementando a parceria com o Governo do Estado.

Até quando o Centrão apoiará um governo totalitário e golpista?

(*) Waldir Maranhão

A democracia brasileira está em risco. Esse risco aumenta a cada dia, sem que a sociedade reaja à altura das ameaças.

Enquanto candidato ao Palácio do Planalto, Jair Bolsonaro prometeu aos quatro cantos acabar com o “toma lá, dá cá”, a “velha política”. Já instalado na sede do governo, o presidente reforçou o discurso de campanha.

Essa oratória marcada pelo falso moralismo perdeu o prazo de validade em poucos meses, obrigando Bolsonaro a se aproximar do chamado Centrão.

Como político, o presidente sempre soube que qualquer governo depende do Centrão, gostem ou não os brasileiros. Isso é reflexo da falta de interesse do cidadão pela política, ou seja, elege-se quem não deveria ser eleito.

O estrago está consumado e desfazê-lo exigirá tempo e paciência por parte de cada um. Enquanto isso, resta administrar e dissipar um caos criado a partir das urnas.

Com mais de 120 pedidos de impeachment estacionados no gabinete do presidente da Câmara dos Deputados, Bolsonaro se viu obrigado a entregar a alma do governo ao Centrão. Do contrário, o olho da rua lhe bateria à porta. Lembro que essa hipótese não está descartada.

Com o tensionamento das relações com o Legislativo e o Judiciário, clara e constante ameaça de Bolsonaro ao ambiente democrático, o Centrão aproveitou-se da crise para se instalar de vez no governo.

Além do comando da Casa Civil, o Centrão ocupa outros importantes espaços na estrutura do governo e continua a fazer exigências, sob a alegação de garantir apoio político ao Palácio do Planalto no Congresso Nacional.

Esse escambo político em particular não se deu de forma simples e fácil. Teve blefes de parte a parte. O Centrão cobrou de Bolsonaro o compromisso de não mais ameaçar a democracia e atacar o sistema eleitoral, o que facilitaria um bom convívio com o parlamento.

Pressionado por seus apoiadores em razão de ter desidratado a descontrolada ala ideológica e reduzido a participação de militares na cúpula do governo, Bolsonaro descumpriu o acordo com o Centrão. Retomou os ataques e as ameaças.

Em 1993, em entrevista, o ex-presidente Ernesto Geisel, ao falar sobre Bolsonaro, usou o termo “mau militar”. Em determinado trecho, Geisel afirmou que o político que começa a se “exacerbar em suas ambições” não demora a flertar com um golpe a cargo das Forças Armadas. É o caso de Bolsonaro, que usa a figura da caserna para reforçar seu desapreço pela democracia.

Ex-governador do Pará, ex-presidente do Senado e tendo comandado diversos ministérios ao longo da ditadura militar, Jarbas Passarinho cunhou a frase “só não perdeu o posto de capitão por causa de um general amigo” ao citar o agora presidente da República. Passarinho foi além e, em referência a Bolsonaro, disse: “Já tive com ele aborrecimentos sérios. Ele é um radical e eu não suporto radicais, inclusive os radicais da direita.”

O Centrão avançou sobre o governo porque é da sua natureza política. Alguns dizem que esse movimento faz parte do presidencialismo de coalizão, mas na minha opinião isso está mais para chantagem política.

Inicialmente disposto a aumentar seus tentáculos políticos na estrutura do Executivo, o Centrão vislumbrou apenas o bônus, sem se atentar ao ônus. Nesse caso, o fato de que desprezar a democracia faz parte do DNA de Jair Bolsonaro.

Alvo de enxurrada de críticas, principalmente por causa dos escândalos envolvendo seus principais líderes, o Centrão agora aproveita-se da crise gestada Bolsonaro para vender a tese de que é a única via para garantir a inviolabilidade da democracia brasileira. Isso tem se dado de forma subliminar.

Já ocupando bons espaços nas entranhas do governo, com direito a decidir o destino de porções bilionárias do orçamento, o Centrão tem o dever de evitar que o pior aconteça: um golpe, como querem o presidente e quartel palaciano.

Porém, é preciso saber até quando o Centrão apoiará um governo que cada vez mais acena com o golpismo. Nenhum político coerente aceita tal condição, principalmente porque o próximo ano é de eleições gerais e como sempre as urnas são impiedosas. E chegar ao pleito de 2022 com o carimbo de fiador de golpista não é o melhor dos cenários.

Os congressistas atuais precisam honrar a luta dos que permitiram a retomada da democracia, com destaque ao movimento “Diretas Já”. Refiro-me a Ulysses Guimarães, Mário Covas, Tancredo Neves, Teotônio Vilela, Sobral Pinto, Fernando Henrique Cardoso, Dante de Oliveira, Lula, Franco Montoro, Roberto Freire, Miguel Arraes, entre tantas fontes de inspiração democrática.

Ao Centrão, que, querendo ou não, tem o dever de impedir o pior, lembro frase do escritor italiano Alberto Moravia (1907-1990): “A ditadura é um estado em que todos temem alguém”.

(*) Waldir Maranhão – Médico veterinário e ex-reitor da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), onde lecionou durante anos, foi deputado federal, 1º vice-presidente e presidente da Câmara dos Deputados.

As informações e opiniões contidas no texto são de responsabilidade exclusiva do autor, não refletindo obrigatoriamente o pensamento e a linha editorial deste site de notícias.

Mais de 500 lideranças saúdam Brandão em Presidente Dutra

Queremos agradecer às lideranças aqui reunidas, de todas as partes do Estado, pela confiança manifestada em nosso futuro mandato. Estão aqui porque acreditam em nosso projeto, porque querem manter as conquistas alcançadas no Governo Flávio Dino, Suas presenças são, para nós, motivo de muito orgulho, muita alegria, mas de muita responsabilidade. A fé e a esperança que vimos no semblante destas pessoas nos motivam a continuar trabalhando. Este cenário nos dá a certeza de que estamos no caminho certo”.

Com este pronunciamento, o vice-governador Carlos Brandão retribuiu a manifestação de confiança dada por mais de 500 lideranças que o receberam num ato político organizado pelo prefeito de Presidente Dutra, Raimundo Alves de Carvalho (Raimundinho da Audiolar). O encontro superou a reunião política ocorrida há algumas semanas em São Mateus e manteve o clima de crença numa administração futura com o apoio das lideranças municipais.

Presenças – Compareceram 326 vereadores, 103 prefeitos (o Maranhão tem 217 municípios), 87 presidentes de Câmaras, 55 vice-prefeitos, 49 ex-prefeitos, 12 deputados (entre federais e estaduais) e 16 secretários de Estado e adjuntos. Reunidos num sitio da ex-deputada estadual Priscila Sá (na suplência, assumiu em muitas ocasiões), os presentes consideraram que o vice-governador está preparado para os mandatos à frente da administração estadual.

Ao referir-se ao acontecimento, o principal organizador, o prefeito Raimundinho da Audiolar, considerou que as ilustres presenças confirmam a empatia que o vice-governador desperta entre os gestores municipais, fortalecendo o conceito de municipalismo adotado pelo governador Flávio Dino ao assumir o comando do Poder Executivo maranhense. “Os que estão aqui vieram dizer que estão dispostos a votar no nosso futuro governador, fortalecendo o voto de confiança que já lhe manifestam hoje”.

Agenda – Carlos Brandão esteve durante toda a sexta-feira 30 de julho no município. Pela manhã cumpriu agenda administrativa, assumindo compromissos constante da parceria que o Governo Flávio Dino exercita com as administrações municipais. “É o exercício do municipalismo, conceito que adotamos para conciliar os interesses dos dois entes públicos – governador e prefeitos – em benefício do povo”, explicou o vice-governador.

Reunido com lideranças políticas e comunitárias, no auditório da Prefeitura de Presidente Dutra, no Centro Administrativo “Ciro Evangelista”, Brandão assinou contratos para a elaboração do Cadastro Ambiental Rural (SAF), no âmbito da Secretaria de Agricultura Familiar; e presidiu o lançamento do Programa Mais Integral, na área da Secretaria Estadual da Educação (SEDUC).

Novas adesões surpreendem

Ao longo do ato político, em Presidente Dutra, o vice-governador ouviu fortes pronunciamentos de adesão à sua pretensão de concorrer ao Governo do Maranhão, após cumprir o período de desincompatibilização do governador Flávio Dino, a partir de abril de 2022. Alguns observadores políticos se surpreenderam com a manifestação de alguns novos compromissados, até então simpáticos a outras pré-candidaturas.

No caso acima, segundo os analistas, estariam os prefeitos de Bacabal, Edvan Brandão (PDT); de Coroatá, Luiz da Amovelar Júnior (PT); e de Santa Luzia, França Macaquinho (PP). Considerando o tempo que falta para as eleições gerais de 2022, acreditam os marqueteiros de Brandão que as adesões ao seu nome só tendem a crescer, tornando-o um candidato imbatível no pleito majoritário de outubro daquele ano.

Falas exaltam Carlos Brandão

Miltinho Aragão (ex-prefeito de São Mateus) – “Em São Mateus iniciamos esta caminhada, da qual este evento (em Presidente Dutra) é a consolidação. Temos aqui um ato gigantesco, com um número maior de lideranças. É a certeza de que Carlos Brandão será sucessor (definitivo) de Flávio Dino. Atos como esse confirmam a futura governadoria de Brandão. Este é um nome de consenso, de um candidato plural, que prima pelo diálogo”.

Benedito Coroba (prefeito de Itapecuru) – A presença de mais de uma centena de prefeitos aqui, em Presidente Dutra (o dobro do que reunimos em São Mateus) é uma demonstração do fortalecimento político do vice-governador Brandão, que caminha a passos largos para ser nosso governador, a partir de abril, e um candidato vitorioso na eleição de 2022. Brandão representará a continuidade das conquistas do Governo Flávio Dino”.

Waldyr Maranhão – Brandão é um amigo, um sertanejo, tem uma folha de serviços prestados ao Maranhão, tem uma biografia política que lhe confere a possibilidade de ser candidato e governador. Vim abraçar o amigo e tenho compromisso com o Maranhão. Brandão é leal, é grato, é amigo e sabe o que é fidelidade. Tem maturidade, tem horizonte para governar o Maranhão.

Cleomar Tema (ex-prefeito de Tuntum e ex-presidente da FAMEM) – Brandão é um homem do bem e o povo prestigia quem é do bem. Aqui está o Maranhão se manifestando: a cada encontro que fazemos testemunhamos o aumento, o interesse pelo nome de Brandão para candidato a governador. Até abril do ano que vem Brandão estará disparado nas pesquisas para ser candidato e o nosso próximo governador.

Zequinha Ribeiro (prefeito de Apicum-Açu) – Não estamos medindo distância para manter o Maranhão no caminho certo, Estou aqui com auxiliares do meu governo no que considero ser um grande acontecimento político. Vim manifestar meu apoio ao futuro governador do Maranhão, Carlos Brandão. Pois o Governo Flavio Dino sempre esteve presente em nosso município. Por isso apostamos neste projeto, que é o da continuidade e do aprimoramento. Brandão tem, com certeza, muitos projetos bons para o Maranhão.

Heliezer Soares (do Povo – prefeito de Peri-Mirim) – Como este é um projeto muito importante para o Maranhão, nos sentimos estimulados a percorrer quase mil quilômetros (ida e volta) para estarmos aqui. Não medimos esforços para acompanhar Brandão, na certeza de que ele terá o mandato definitivo de governador. Os grandes projetos de desenvolvimento para o Maranhão, implementados por Dino, terão sequência com Brandão. O Governo Dino já levou praças, pavimentação, abastecimento de água, asfaltamento, ambulâncias. E isto continuará com Brandão.

Antônio Borba (prefeito de Timbiras) – Carlos Brandão representa bem o povo do Maranhão. É um bom candidato. O Governo Flávio Dino, ao qual ele pertence, é parceiro de nossa administração municipal. Brandão assumirá em abril e prosseguirá mantendo a linha municipalista implantada por Dino. E essa parceria é importante para Timbiras alcançar novos objetivos.

Sérgio Albuquerque (ex-prefeito de Primeira Cruz) – Viemos com o nosso grupo prestigiar o futuro governador Carlos Brandão.

 

Ronilson Silva (Nilson do Cassó – prefeito de Primeira Cruz) – Viemos não só prestigiar este acontecimento político, mas manifestar nossa confiança no futuro governo de Brandão, por um Maranhão municipalista, de bem-estar e progresso social.

Josimar de Oliveira (da Serraria – prefeito de Governador Nunes Freire) – Estamos aqui eu, o presidente da Câmara, vereador Vanderly Silva, secretários municipais e outras lideranças. Viemos manifestar nossa confiança no Carlos Brandão, no governo que ele fará, tanto temporária, como definitivamente a partir 2023. Estamos satisfeitos com a parceria Governo do Estado x Prefeitura de Governador Nunes Freire. Carlos Brandão, governador, será uma extensão desse excelente relacionamento.

Tá na conta! Prefeitura de Pinheiro efetua, hoje (31), o pagamento dos servidores públicos municipais

A Prefeitura de Pinheiro realizou, ontem, sexta-feira (30), o envio da ordem de pagamento dos servidores públicos municipais à instituição financeira, Banco do Brasil. O pagamento é referente ao mês de julho de 2021, aos funcionários municipais, efetivos e contratados cujo calendário de proventos é agendado para o dia 01 de cada mês, o dinheiro já está disponível nas respectivas contas.

A gestão tem mantido em dia o pagamento de seus servidores. O calendário, dos funcionários da Prefeitura de Pinheiro, possui duas datas agendadas para o pagamento, dias 01 e 20 de cada mês. O pagamento de forma programada e por vezes antecipada, traz segurança aos funcionários. Uma gestão de responsabilidade e compromisso valoriza seus servidores.

Pedro do Rosário Adere a 2° Edição do Selo Estadual Município Sem Trabalho Infantil e Trabalho Escravo.

O Município de Pedro do Rosário vem promovendo a articulação com a rede intersetorial afim de traçar estratégias para cumprimento das ações referentes ao programa,
a nomeação da Comissão Municipal de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil foi realizada por meio da portaria nº 149/2021 dia 08 de julho de 2021. A 1º reunião após constituição da mesma se deu na tarde do dia 23 de julho, no prédio do Centro de Referência Especializado em Assistência Social-CREAS. Realizou-se o planejamento e articulação de ações complementares à identificação de situações de trabalho infantil, foi planejado torneio esportivo AEPETI (A importância do esporte e lazer como coadjuvante no resgate de crianças e adolescentes, pelos valores, competitividade e acima de tudo como possibilidade na erradicação do trabalho infantil) e os cursos educativos do programa Saúde na Escola, que terá adesão da secretaria de educação. Estiveram presentes na reunião representantes da sociedade civil, CREAS, CRAS, Conselho Tutelar, Coordenação do PETI e Selo Unicef, Secretarias de juventude e esporte e lazer. Na oportunidade nomeou-se o presidente, vice-presidente e secretário da comissão afim de distribuir e otimizar o trabalho intersetorial realizado, com as respectivas atribuições; emitir relatório escrito e registro fotográfico das ações realizadas e preencher a ata de reuniões com lista de frequência em anexo. As deliberações se deram em torno da realização de audiência pública e das capacitações às equipes das secretarias de educação, assistência, saúde, juventude e esporte e lazer.

Dom Pedro recebe mais parceria de Dino

 

O Governo Dino prossegue levando obras e serviços às comunidades do interior, assinalando a presença do Estado nos municípios, Neste meio de semana foi a vez da distribuição de ambulâncias para fortalecer os sistemas municipais de saúde. Coube ao vice-governador Carlos Brandão contemplar Dom Pedro, que recebeu a 330ª unidade deste tipo de veículo. A cerimônia foi no Palácio dos Leões
Ao prefeito Ailton Mota (Galego Mota) o vice também anunciou a decisão do governador de construir novo hospital no município, com planta funcional e equipamentos modernos. A nova unidade contará com serviços de excelência e equipe profissional com várias especialidades, acompanhando os avanços da ciência e da técnica médicas.
Cidade Digna – Ao receber a ambulância, o prefeito assegurou trabalhar para ter uma cidade digna, com uma população bem assistida e serviços à altura dos anseios populares. Sobre a anunciada construção do hospital, disse ser este um sonho de todos os que dedicam seu esforço ao desenvolvimento da terra e ao bem-estar das comunidades carentes. Sobre a importância da saúde assinalou: “Prometemos cuidar da saúde”.

Sobre a participação para o progresso, Mota lembrou que a missão é de todos, principalmente das lideranças políticas (os vereadores, em especial) e comunitárias. Acerca dos colaboradores com quem tem contado manifestou agradecimentos ao vice-governador Carlos Brandão, aos deputados Fábio Macedo e Daniela Temer, políticos da nossa região.

“Quero citar especialmente o secretário Simplício Araújo (Indústria e Comércio), que nos acompanha desde o início de nossa caminhada”, Por fim, exaltou a disposição dos militantes na saúde de Dom Pedro, esperando que se mantenham firmes no trabalho e dispostos a oferecer sua contribuição para o alcance dos objetivos esperados por todos os habitantes do município.

Praça/projeto – Coube a Brandão anunciar ao prefeito Galego Mota outras decisões beneficiando Dom Pedro: pavimentação asfáltica e a construção de uma praça, que servirá para incentivar o lazer o entretenimento da população, principalmente a infantil. “Esta praça será o novo cartão postal da cidade”, assegurou o vice-governador.

A distribuição de ambulâncias no Governo Dino é parte do projeto de fortalecimento dos sistemas municipais de saúde, muitos deles considerados incompatíveis para o atendimento dos pacientes. “Construir, reconstruir e equipar hospitais tem sido uma constante no atual governo; e assim continuará a ser, para assegurar a melhoria das redes hospitalares”. disse o secretário estadual de Saúde, Carlos Lula. A entrega de ambulâncias já alcançou a marca de três centenas.