Caravana Dino movimenta Alto Alegre do Pindaré

A sexta-feira 26 de novembro foi de grande movimentação em Alto Alegre do Pindaré, com a visita do governador Flavio Dino, liderando caravana com o vice Carlos Brandão, deputados federais e estaduais e secretários de Estado. A passagem da comitiva, que almoçou na cidade, deixou empreendimentos que contribuirão para elevar a qualidade de vida da população e, principalmente, promover profundas mudanças no setor educacional, O prefeito Francisco Ribeiro Filho (Fufuca) chefiou o comitê de recepção aos visitantes.

A principal marca da visita foi a inauguração da unidade do IEMA (Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão), criado a finalidade de ampliar a oferta, no Maranhão, de educação profissional, científica e tecnológica. O que também impressionou o governador foi o estabelecimento de ensino municipal Centro de Aprendizagem “Nizete Oliveira”, instalado em prédio moderno e funcional e com concepção pedagógica diferenciada: alia o modelo dos estabelecimentos convencionais de ensino a uma escola futurista, usando os elementos da robótica. Quem assim explica é o educador e mestre em Educação Altemar Lima (veja box). O professor trabalha modelos revolucionários de ensino, com experiências plenamente aprovadas. Sua colaboração ao setor na formulação do projeto educacional do governo Dino foi lembrado pelo governador num pronunciamento.

Doações – A agenda da viagem incluiu, ainda, assinatura de ordens de serviço para obras de infraestrutura (estrada vicinal, pavimentação asfáltica e de bloquete em vias urbanas) e distribuição de materiais constantes de programas sociais mantidos pelo governo estadual. O vice Carlos Brandão enumerou as doações e reafirmou a contribuição que essa parceria com os municípios representa para a melhoria da qualidade de vida das populações, principalmente as de baixa renda.

O secretário estadual de Educação, Felipe Camarão, destacou a ampliação da rede de unidades de ensino do padrão Escola Digna (“Só nesta viagem o governador entregou 10 estabelecimentos deste padrão”) e observou que, associado a bibliotecas, o setor capacita os estudantes a adquirirem um volume de conhecimentos necessários à sua preparação intelectual para os desafios que as carreiras profissionais imporão na admissão deles pelo mercado de trabalho.

Educação – O deputado federal André Ribeiro (André Fufuca) ressaltou posições de liderança alcançadas no processo educacional do município, principalmente na cotação do IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), que mede a qualidade do aprendizado nacional e estabelece metas para a melhoria do ensino. Ao destacar o funcionamento do Centro de Aprendizagem “Nizete Oliveira”, que contou com financiamento de emendas parlamentares suas, observou que a concepção adotada pelo estabelecimento já apresenta bons resultados.

O prefeito Fufuca recordou os números que as pesquisas sobre Educação apresentaram em seus mandatos anteriores (os melhores do Nordeste e entre os 20 do país) e assegurou que essas posições estão retornando paulatinamente com sua volta à Prefeitura. E enumerou realizações na área como ampliação da rede de ginásios esportivos, instalações esportivas em povoados (seis) e o estádio da sede, construção de piscina olímpica e a interiorização de escolas do ciclo fundamental.

Por antecipação, festejou a futura chegada do IFMA (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão), de ensino técnico e superior, em 2022, e a instalação dos primeiros cursos. O prédio está em etapa final de construção e atenderá à juventude de todo o Vale do Pindaré. “Nosso ensino tem característica de modernidade”, classificou o prefeito.

Revolução – Ao conhecer o Centro de Aprendizagem, Flávio Dino identificou-o como instalação de um modelo revolucionário de ensino, de multiuso, integrando o sistema convencional (ensino médio) ao profissionalizante. Considerou o sistema adaptado às exigências da moderna preparação da mocidade aos desafios do mercado de trabalho e do processo intelectual.

Dino anunciou a chegada da UEMA proximamente ao município e encerrou enumerando as entregas que têm caracterizado a visita aos municípios (ordens de serviço para realizações infraestruturais, no caso uma estrada vicinal; material para pescadores, agricultores familiares, famílias de baixa renda, anúncio de um Restaurante Popular na cidade em breve, estímulo a empreendedores etc.).

Educação, com Fufuca, vai do sonhar ao fazer

Durante os 25 anos que trabalha com o prefeito Fufuca, o professor Altemar Lima, enaltece a preocupação do gestor com o tema Educação. E na qualidade de colaborador, sente-se responsável pelo sucesso que o setor experimenta no município. Principalmente na conquista dos índices do IDEB alcançados por Alto Alegre do Pindaré em gestões anteriores do prefeito, interrompidos durante sua ausência do governo municipal e retomados agora. E explica: Fufuca sabe ir do sonho ao fazer, com vontade política, e determinação de uma administrador que antevê o futuro e se prepara para ele”.

Professor da rede estadual de ensino, professor visitante em vários escolas de nível superior no país, ex-secretário estadual de Educação no Maranhão (2004-2005) e colaborador na área da Educação em várias prefeituras municipais, Altemar Lima explica o conceito utilizado na estrutura pedagógica do Centro de Aprendizagem “Nizete Oliveira”, em Alto Alegre do Pindaré: “Nós procuramos conciliar o sistema tradicional com a tecnologia atualmente em voga. Associamos as mídias digitais ao processo convencional, proporcionando ao estudante integrar-se à modernidade. Nós os estamos preparando para atuar na pesquisa, tendo uma visão globalizada do conhecimento. Daí a grade curricular incluir as cadeiras tradicionais aliadas ao estudo da música, do xadrez e outras especialidades. Nós introduzimos a robótica para manter o estudante afinado com a tecnologia em uso cada vez mais amplo”.

Para o professor, a unidade de ensino, que é da rede municipal de ensino, tem características de um centro de aprendizagem, o que vai mais além do que a simples escola convencional. A grade curricular é diferenciada. Ao lado disso, esclarece Lima, o estabelecimento dará assistência psicológica aos jovens e seus familiares, contribuindo para aproximar a escola da comunidade.

TURILÂNDIA: A Prefeitura já iniciou os trabalhos de manutenção das ruas dos Bairros na sede

A Prefeitura de Turilândia já iniciou os trabalhos de recuperação e manutenção das ruas dos Bairros, Floresta e Santo Antônio. Esses trabalhos visam a melhoria nas condições de trafegabilidade, sobretudo no período chuvoso, as ações fazem parte do cronograma de trabalhos e metas estabelecidas pela Secretaria de Infraestrutura para o alcance de toda as localidades e sede.


É a Prefeitura de Turilândia facilitando a vida do povo turilandense, levando mais conforto e dignidade.

PrefeituraDeTurilândia
ConstruindoUmaNovaHistória
SecretariaDeInfraestrutura

TIO GAL FAZ UM GOVERNO PARA O POV

São 11 meses de governo e muito trabalho mostrado a sociedade. A cidade virou um canteiro de obras e é uma referência de gestão em toda região.

As secretarias vêm realizado um excelente trabalho em todas as áreas. O povo tem visto a diferença deste governo em comparação ao anterior.

Acusar Tio Gal de perseguidor é atirar no escuro. O governo atual está desfazendo os atos perpetrados no passado contra diversos profissionais que tiveram suas portarias caçadas. Alguns, inclusive, já foram reconduzidos aos seus empregos.

Tio Gal e todo o seu governo não trabalha com o objetivo de perseguição. Alguns adversários criam factoides para ser promover e criar debates na internet.

Mas, a sociedade, sabe diferenciar factoide de perseguição. O governo atual está preocupado em fazer o município crescer e, por isso, todos os esforços estão mirados para este objetivo. É por isso que o governo atual tem obtido uma aprovação recorde e recebe elogios inclusive de adversários que batem palmas pela forma que o município está sendo conduzido.

*AGORA É A VEZ DO POVO!*

Carlos Brandão: Acesso à terra: garantia de direitos

Pelo Maranhão afora, tenho me deparado com muitas demonstrações de gratidão, essencialmente, por termos decidido pelas pessoas como prioridade. Todas as nossas obras e ações são pensadas no bem-estar do maranhense. Da capital às regiões mais distantes, que já receberam uma Escola Digna, por exemplo. Ou então que tiveram sua gente atendida com serviços básicos que antes não chegavam. E são muitos os relatos. Há poucos dias, em um evento onde entregamos 1.500 títulos de posse de terra, fui surpreendido com o abraço apertado que recebi de seu Manoel Ferreira, um trabalhador rural de 79 anos de idade que há 22 aguardava a regularização de suas terras. Junto com um forte aperto de mão, trouxe também palavras de agradecimento e de alívio pelo fim de uma espera que angustiava. Seu Manoel, pai de oito filhos, agora tem a posse de seu pedaço de chão onde, até hoje, planta macaxeira e milho. Confidenciou a mim que nem dormia direito e que, agora, iria pedir à esposa que, assim que estivesse dormindo, o acordasse para que ele tenha a certeza de que aquele papel na mão, aquele documento, não era apenas sonho e sim a realidade que tanto esperava.

Ouvir seu Manoel falando com o coração, é algo que só nos impulsiona. Imagino que, dentre as mais de dez mil famílias que também receberam seus títulos definitivos de terra, só em nosso Governo, haja histórias tão relevantes quanto. Como a da dona Aldenora, que também estava neste encontro e foi muito feliz quando lembrou a todos que sempre vale a pena lutar. Emocionada, disse que quando sua luta começou, em 1999, tudo parecia impossível. Agora, com a certeza de que aquele lugar é seu, a vida ganha um novo sentido.

O Maranhão é um gigante com mais de 331 mil km². Em extensão territorial, somos o segundo do Nordeste e o oitavo do país. Segundo o IBGE, temos a maior população rural do Brasil (em termos proporcionais) e, infelizmente, enfrentamos históricos conflitos de terra. Ainda é um problema que, com um trabalho planejado, organizado e alinhado com os municípios, aos poucos vai sendo equacionado. Apesar do muito que avançamos, precisamos continuar o trabalho e ampliar sua atuação. O Instituto de Colonização e Terras do Maranhão – Iterma -, tem sido nosso principal instrumento na corrida pela regularização fundiária, que precisa passar por algumas etapas difíceis, como a realização do georreferenciamento das áreas e o cadastramento de seus moradores. No modelo que adotamos, por meio de acordos de cooperação técnica, as prefeituras nos auxiliam nesse trabalho. Assim, estamos conseguindo avançar muito e acelerar a garantia do bem a quem dele tira seu sustento.
É importante que sigamos partilhando as terras para que mais pessoas tenham acesso a inúmeros direitos sociais, a crédito nos bancos e possam fortalecer nossa agricultura familiar. Com ela, já colocamos comida na mesa de muitos maranhenses. E vamos seguir multiplicando essas ações que levam, acima de tudo, dignidade para as mulheres e para os homens do campo, fazendo saltar o sorriso no rosto de muito mais “Manoéis” e “Aldenoras” neste nosso Maranhão.

*Vice-governador do Maranhão

Prefeito Luciano autoriza e repasse do Fundeb é realizado hoje à Ação Social Missionários do Sagrado Coração, entidade que administra as Escolas do Padre Risso

A Prefeitura de Pinheiro realizou hoje o pagamento da primeira parcela do repasse do Fundeb, de acordo com o Termo de Compromisso de Ajuste de Conduta firmado entre Prefeitura de Pinheiro, Ministério Público do Maranhão, Promotoria de Justiça, Ordem dos Advogados do Brasil – Subseção/Pinheiro, Defensoria Pública, Ação Social Missionários do Sagrado Coração e Comissão de Educação da OAB de Pinheiro e o convênio assinado, na última segunda-feira (22), entre Prefeitura e Ação Social Missionários do Sagrado Coração.

O valor repassado hoje (26), foi de R$ 1.164.794,11 referente a primeira de três parcelas. No compromisso assinado pelo prefeito Luciano a prefeitura de Pinheiro se comprometeu em repassar os valores do FUNDEB 2021, desde que a rede de Ensino Escolas do Padre Risso administradas pela Ação Social Missionários do Sagrado Coração, cumpram com os termos do convênio, para que o poder municipal não tenha problemas futuros com a prestação de contas.

A Ação Social Missionários do Sagrado Coração, se comprometeu em: prestar contas, do valor desembolsado pela prefeitura, de forma periódica; suspender toda e qualquer recebimento de doações voluntárias de pais de alunos e sócios benfeitores; manter atualizados os documentos da instituição perante o órgão conveniado e órgãos fiscalizadores; suspender pedido de material escolar e alimentos – estes passarão a ser distribuídos pela instituição aos alunos matriculados. Também se comprometeu em disponibilizar a folha dos servidores, com a folha trabalhista funcional de cada um dos contratados, e não utilizar a verba do FUNDEB para aplicações financeiras, pagamento de taxas administrativas ou empréstimos.

“Estamos cumprindo com o que foi acordado no termo de ajuste de conduta. Tenho profundo respeito a história do padre Risso e sua importante contribuição para o município de Pinheiro. Espero continuar ajudando essa importante instituição de ensino e aos alunos que frequentam o local”, afirmou o prefeito Luciano.

O Ministério Público do Maranhão, através da Promotoria de Justiça acompanhará o cumprimento do Termo estando atentos a prestação de contas da instituição Ação Missionários do Sagrado Coração bem como dos relatórios financeiros da mesma.

Prefeitura de Pinheiro lança concurso “Eu Amo Minha Rua – Decoração Natalina” com premiação de 10 mil reais

O concurso “Eu Amo Minha Rua: Decoração Natalina”, tem como objetivo incentivar a uma cultura do município, a tradição de decorar as ruas para o período natalino. Uma forma de proporcionar aos moradores dos bairros de Pinheiro a oportunidade de zelar ainda mais pelo passeio público como espaço coletivo e de interação social. Além de promover a união da comunidade em torno do planejamento e execução das estratégias de decoração para ganhar o concurso.

“Acima de tudo a intenção é tornar esse natal mais especial ainda, com união, paz e beleza. Além de concorrer a premiação as pessoas estarão contribuindo para a decoração e embelezamento da cidade. Estamos ansiosos para ver o resultado. Essa era uma prática que vem sendo esquecida ao longo do tempo, nossa intenção também é revitalizar isso”, disse Luciano.

Com o concurso o poder público espera ver o resgate dos valores e tradições natalinas, através da cultura popular das festividades religiosas. As inscrições devem ser feitas de forma gratuita na Secretaria Municipal da Cultura, localizada no Centro Administrativo do Parque Ambiental do Pericumã – APA, de 29 de novembro a 08 de dezembro, das 08h:00 às 12h e das 14h às 17h.

A premiação de 10 mil reais ficou dividida assim: 1º lugar = 5.000,00; 2º lugar = 3.000,00; e em 3º lugar = 2.000,00. Além da premiação em dinheiro, a rua vencedora que tirar o primeiro lugar, ganhará para sua confraternização natalina, uma apresentação de um grupo musical local, e mais 5 caixas de cervejas e 5 fardos de refrigerante.

“Esse natal será com toda certeza bem diferente. Além da expectativa de ganhar uma boa premiação, as comunidades de Pinheiro irão se unir para enfeitar a cidade e tornar o período natalino ainda mais bonito. Estamos aguardando todos com suas inscrições e ideias para participar do concurso”, afirmou o secretário municipal de cultura Paulinho Enfermeiro.

Segundo o regulamento fica definida uma área mínima de 150 metros ou uma quadra de ornamentação para que uma rua possa se inscrever e concorrer à premiação ofertada. Devem constar na ficha de inscrição o número das casas que fazem parte da delimitação, bem como o nome dos proprietários podendo uma mesma rua ter mais de uma inscrição, levando-se em consideração a sua extensão

Para se inscrever é necessário os seguintes documentos: original e cópia de RG, CPF, (de todos os moradores participantes) e comprovante de residência apenas do representante da Rua, escolhido pelos moradores. Para efeito de avaliação, os jurados analisaram os seguintes quesitos:

1- ORIGINALIDADE
2- CRIATIVIDADE
3- ARTE/ESTÉTICA/HIGIENE
4- HARMONIA
5- CONJUNTO
6-DIMENSÃO – MÍNINO

Veja o regulamento: https://pinheiro.ma.gov.br/wp-content/uploads/2021/11/REGULAMENTO-DO-CONCURSO-DA-RUA-DECORADA-PARA-O-NATAL-2021.pdf

Governo Itinerante: Bairro Matriz recebe serviços da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social de Pinheiro

A prefeitura de Pinheiro continua com a ação governo itinerante que leva atendimentos fundamentais para a zona rural e comunidades da sede do município. Esse tipo de movimento é importante pois leva para perto das pessoas serviços que fazem a diferença.
A escolinha Sonho Meu da vovó Couché é fruto da luta da comunidade da Matriz que com o início do governo Luciano e apoio do vereador João Morais foi incluída na rede municipal de ensino.

“Mais uma vez estamos aqui vendo o poder do querer fazer, estamos muito gratos ao prefeito Luciano, ao secretário Lucas do Beiradão e ao vereador João Morais que sempre está conosco. Hoje a escolinha foi a sede da oferta de serviços muito importantes, mais de 100 pessoas foram beneficiadas”, disse a Vovó Couché, fundadora e diretora geral da Escolinha Jardim de Infância Sonho Meu.

Nesta quinta-feira (25) das 14h às 17h foram ofertados diversos serviços como: inclusão e atualização do Cadastro Único; Tarifa Social de energia elétrica; troca de lâmpadas fluorescentes por LED; emissão de carteira/ declaração provisória do idoso; ID-Jovem e atendimento psicossocial.

“Foram muitos atendimentos, os mais procurados são a atualização de cadastro único, inclusão de novos cadastros, troca de lâmpada fluorescentes por led e informações em geral. Isso ajuda muito porque o atendimento próximo das comunidades facilita a vida de quem precisa e também já diminui o fluxo de procura nos pontos fixos, assim, conseguimos atender cada vez mais pessoas”, afirmou o secretário de Assistência e Desenvolvimento Social Lucas do Beiradão.

“Como sempre estamos em busca de benefícios para a comunidade da Matriz, esse tipo de atendimento é muito importante, as pessoas têm suas tarefas cotidianas e trabalhos que acabam dificultando a resolução de problemas, e também a busca pela inclusão em benefícios que lhes são de direito, quando disponibilizamos esses serviços perto de suas casas, essas pessoas têm a oportunidade usufruir desse benefício”, comentou o vereador João Moraes.

Foram atendidas 120 pessoas durante a tarde da ação Governo Itinerante na Matriz. Novos bairros serão atendidos em breve, assim como povoados da zona rural.

O trabalho não para.

Museu do Homem do Nordeste promove seminário sobre Anísio Teixeira

Iniciativa reúne especialistas no educador e homem público nos dias 2 e 3 de dezembro, em transmissão virtual no canal da Fundaj, no YouTube.

A memória da educação pública e os desafios contemporâneos deram a tônica para as formações e atividades do Museu do Homem do Nordeste (Muhne), da Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), em 2021. No centro do debate, a vida e obra do educador e homem público Anísio Teixeira (1900—1971). Encerrando o ciclo de homenagens ao baiano, o equipamento promove, nos próximos dias 2 e 3 de dezembro, o Seminário Anísio Teixeira: educação como prioridade, com transmissão no canal da Fundaj, no YouTube.

A programação é voltada para professores, pedagogos, pesquisadores em Educação e público geral. A organização é da Divisão de Estudos Museais e da Coordenação de Ações Educativas e Comunitárias do Muhne e integra o Projeto Ano Anísio Teixeira: a educação como prioridade, idealizado pelos integrantes do equipamento a pedido da Diretoria de Memória, Educação, Cultura e Arte (Dimeca), que, neste ano, propôs como diretriz para as ações os temas “Educação e Memória Institucional”.

“Anísio Teixeira foi um personagem proeminente na História da Educação no Brasil. Ele pensava Educação, mas era também um administrador de mão cheia. Era um gestor público”, comenta Silvia Barreto, da Divisão de Estudos Museais. “Este seminário complementa as formações internas, mas é uma ação voltada ao público geral e conta desde sua programação com convidados externos”, assiná-la, ao destacar a presença de especialista na vida do patrono da educação pública brasileira.

Foi dentro do circuito de palestras e debates citados que nasceu o livro “Anísio, Anísios Teixeira: um educador no Museu do Homem do Nordeste” (Editora Massangana), co-autoria de Sílvia Barreto com Edna Silva, coordenadora de Ações Educativas e Comunitária do Museu. O título contou com pré-lançamento na 13ª Bienal do Livro de Pernambuco e terá seu lançamento oficial neste seminário. Nele, os leitores são apresentados ao homem, mas também às contribuições do seu pensamento nos dias atuais.

Sobre o homenageado
Educação gratuita para todos. O desejo de democratizar o ensino de qualidade no Brasil tornou o escritor baiano Anísio Teixeira (1900—1971) um símbolo nacional. Intelectual, educador, gestor e homem público. O baiano Anísio Teixeira (1900—1971) teve importante contribuição para a consolidação da educação pública no País. Homem de uma época onde sequer a expressão “inclusão social” havia sido cunhada, ele defendeu a democratização de acesso e ensino para todos os brasileiros.

“Sou contra a educação como processo exclusivo de formação de uma elite, mantendo a grande maioria da população em estado de analfabetismo e ignorância”, declarou Anísio. Em suas obras, o baiano sempre defendeu a escola pública como fator inerente à democracia, cabendo ao Estado o dever de assegurá-la. Esta foi uma defesa levada por ele também para o campo prático, pois promoveu diversas reformas nos sistemas escolares, incentivou pesquisas em educação e a criação de cursos superiores para professores.

Não foi por acaso que, em 1931, Anísio integrou uma comissão do então Ministério da Educação e Saúde para reorganização do Ensino Secundário e Reforma do Ensino Profissional. Mais tarde, em 1946, seria convocado a integrar o Conselho de Educação Superior da recém-formada Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). Fatos que indicaram para muitos o impacto transnacional de seu trabalho. Dentre os títulos que publicou, destaque para Educação não é privilégio (1994).

Anísio e a Fundaj
Na década de 1950, Anísio Teixeira assumiu o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), que atualmente tem seu nome como homenagem. Durante sua gestão, ele implementou diversos Centros Regionais de Pesquisas Educacionais ao longo do país. Um deles estava no Recife. Com o apoio de seu amigo, o sociólogo Gilberto Freyre, o Centro Regional de Pesquisas Educacionais de Pernambuco (CRPE-PE) trouxe importantes contribuições para a área no Nordeste do Brasil.

Criado no Recife em 1957, o CRPE-PE teve como diretor Gilberto Freyre. Com a extinção dos centros, o então Instituto Joaquim Nabuco de Pesquisas Sociais (atual Fudaj) herdou o campus no bairro de Apipucos, na Zona Norte, suas pesquisas e arquivos produzidos até ali e o quadro de servidores. “A pesquisa educacional na Fundaj nasce nesse momento”, revela Silvia. Hoje, o campus carrega também o nome do educador e gestor que revolucionou a Educação no Brasil e está localizado na Rua Dois Irmãos, nº 92.

Programação

Quinta-feira, 2 de dezembro de 2021

9h — Abertura
Mario Helio, diretor de Memória, Educação, Cultura e Arte (Dimeca)
Fernanda Guimarães, coordenadora do Museu do Homem do Nordeste (Muhne)
Albino Oliveira, coordenador de Museologia
Ciema Mello, antropóloga da Divisão de Estudos Museais do Muhne
Edna Silva, coordenadora de Ações Educativas e Comunitárias do Muhne

10h30 — Conferência de abertura: “Intelectuais, educação e debate público”
Profa. Diana Vidal (IEB/USP)
Mediação: Fernando Alvim

12h — Vídeo sobre Anísio Teixeira, da Coleção Educadores

14h — Mesa 1: “Anísio Teixeira e Gilberto Freyre: a memória do CRPE-PE na Fundação Joaquim Nabuco”
Rita de Cássia Araújo e Semadá Ribeiro
Mediação: Sílvia Barreto

16h — Palestra 1: “Gilberto Freyre no comando do Centro Regional de Pesquisas Educacionais do Recife (1957-1964)”
Simone Meucci
Mediação: Ciema Mello

17h30 — Lançamento do livro Anísio, Anísios Teixeira
Sílvia Barreto e Edna Silva

18h — Encerramento

Sexta-feira, 3 de dezembro de 2021

9h — Palestra 2: “Educação e Região. Práticas Anisianas e Freyreanas fazem a educação do Recife (1957-1964)”
Profa. Dra. Kelma Beltrão
Mediação: Silvia Barreto

10h — Mesa 2: “Educação e Museus: Anísio Teixeira nas práticas educativas do Muhne e Engenho Massangana” – Apresentação dos relatos sobre a escrita dos textos do livro Anísio, Anísios Teixeira
Jamille Barros, Élida Nathália e Murilo Dayo
Mediação: Edna Silva

12h — Mini-documentário Anísio Teixeira (Divisão de Estudos Museais e Massangana Audiovisual)

14h — Mesa 3: “Atualização da inteligência nacional entre a modernidade e o modernismo (1822; 1922; 2022)”
Mario Helio, Ciema Mello e Fernando Alvim

16h — Conferência de encerramento: “Pedagogia e democracia: aspectos pedagógicos da democratização da cultura (1945-1971)”
Prof. Marcos Cezar de Freitas (UNIFESP)
Mediação: Fernando Alvim

18h — Homenagem a Anísio Teixeira
Ciema Mello

Serviço
Seminário Anísio Teixeira: educação como prioridade
Data: 2 e 3 de novembro
Horário: 9h às 18h
Transmissão no canal da Fundaj, no YouTube

Em Pinheiro, Secretaria Municipal de Cultura inaugura Escola de Música “Maestro Honório Ribeiro

Foi nesta quinta-feira (25), a aula inaugural da Escola de Música “Maestro Honório Ribeiro”, que oferecerá aulas gratuitas aos alunos inscritos no curso de música. Esse é um investimento e apoio a cultura, algo necessário no município, visto que é o berço de muitos artistas de renome estadual.

Agora os pinheirenses têm um espaço direcionado ao aperfeiçoamento e descoberta dos talentos musicais locais. O evento contou com a presença do secretário municipal de Cultura, Paulino Enfermeiro, da secretária municipal de Direitos Humanos, Família e Mulher, Bianca do Social, e representando o prefeito Luciano a Dra. Graça.

Durante o evento houve apresentação da orquestra formada pelos alunos e importantes falas sobre a educação musical e seus benefícios como fonte de educação, socialização e desenvolvimento para nossos jovens.

“Uma grande conquista para o campo cultural de nossa cidade. Estamos muito felizes em ver que o projeto está consolidado e a partir de agora temos mais um espaço de educação, disciplina, incentivo e desenvolvimento de nossa juventude. Vamos aguardar ansiosos para ver os nossos talentos brilharem”, disse o secretário municipal de cultura, Paulinho Enfermeiro.

Prefeito Luciano cumpre agenda produtiva e faz movimento para acelerar construção do hospital do Câncer em Pinheiro

O prefeito de Pinheiro Luciano Genésio está em Brasília cumprido agenda. As reuniões com lideranças políticas do cenário nacional tem a proposta de garantir investimentos para o desenvolvimento do município de Pinheiro.

Na manhã de hoje (25), o encontro foi com o senador Weverton Rocha,para tratar das demandas mais urgentes para o município, como o início da construção do hospital do Câncer.

“Dialogamos sobre algumas demandas que beneficiarão Pinheiro e toda a nossa baixada, como o início das obras do Hospital do Câncer, a destinação de recursos para a saúde, entre outras. É sempre muito bom rever nossos amigos e parceiros”, disse Luciano.