Carlos Brandão: o Maranhão que rima com Educação

Estar todo dia à frente do governo, para mim, é uma grande satisfação. Trabalhar pela oportunidade de ajudar a realizar sonhos é algo que nem consigo mensurar. Mas consigo sentir. E quando podemos visualizar os resultados, quando nos colocamos diante do que conseguimos construir, ganhamos mais energia para seguir adiante.

Neste sentido, essa semana foi muito especial. Todos sabem o quanto temos nos esforçado pela Educação em nosso estado. Claro que ainda temos muito trabalho pela frente. Mas já avançamos o suficiente para acreditar que estamos, sim, transformando realidades.

Com profissionais valorizados e dedicados, demos vida a ideias que nos desafiavam. É o caso da Escola Digna, que nasceu não apenas para substituir estruturas em más condições por edificações novas e com padrão de qualidade que ofertasse ao estudante o ambiente ideal para a aprendizagem.
O programa é, acima de tudo, uma ação que busca o respeito à diversidade; a formação integral e integrada; a democracia e a participação na gestão; a qualificação de nossos profissionais da educação; a melhoria no ensino. E nessa tarefa estão elementos fundamentais para o sucesso desta nossa política de governo: as prefeitas e os prefeitos.

Eles que recentemente demonstraram unidade ao eleger, por aclamação, a nova diretoria da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem). Uma decisão que só nos auxilia na busca pelo melhor para o Maranhão.

Ainda nessa semana, também pudemos estar com os gestores municipais no “Encontro da Educação com prefeitos e prefeitas: juntos pela alfabetização das crianças”. Além da troca de ideias, aproveitamos para lançar o selo “Prefeito da Educação” como forma de reconhecermos o bom trabalho, realizado por prefeitas e prefeitos, na área da educação. Ao mesmo tempo, entregamos o prêmio “Escola Digna”, que reconhece as escolas públicas com os melhores resultados de aprendizagem, com base no desempenho dos estudantes no 2º, 5º e 9º anos do ensino fundamental.

O bom é que houve uma disputa acirrada, até chegarmos à premiação de 18 escolas de 11 cidades diferentes pelo Maranhão afora. Durante o evento, a alegria dos gestores e dos profissionais da Educação envolvidos emocionou. O relato de uma professora, que diz que “a escola é uma família”, tocou como combustível para que possamos encarar novos desafios.

Sempre digo e reforço: Educação é prioridade. Aliás, uma prioridade que está sendo encampada por todos. Como é bom saber que nossos professores estão, cada vez mais, aperfeiçoando os seus métodos e buscando qualificação constantemente. A notícia de que cerca de 20 professores das redes estadual e municipal do Maranhão foram selecionados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) – órgão vinculado ao Ministério da Educação (MEC) -, para um intercâmbio de 6 semanas nos EUA, nos deixa muito orgulhosos. São professoras e professores maranhenses de língua inglesa da educação básica que trabalham em São Luís e em mais 11 cidades. Quando voltarem, nossos alunos da rede pública certamente ganharão muito.

Em tudo isso, senti uma positividade tão grande, uma vontade coletiva de fazer mais, que não tenho dúvida alguma de que, a partir de primeiro de janeiro de 2023, faremos um grande e exitoso governo. Maranhão rima com Educação, nossa grande aposta para a melhoria da qualidade de vida de nossa gente.

*Governador do Maranhão

ICATU: Prefeito Walace faz vistorias em obras de estradas rurais e escola

Visando garantir as condições de trafegabilidade para população da zona rural, o prefeito de Icatu, Walace Azevedo, juntamente com a equipe de obras e parlamentares, realizaram vistorias em obras de estradas vicinais em andamento no Povoado Santa Izabel até Palmeiras e consequentemente até Serraria, na ocasião o gestor vistoriou a construção da escola do povoado Palmeiras.
Segundo o prefeito, o objetivo é acompanhar de perto as obras de reformas, manutenção e recuperação das estradas vicinais que vão beneficiar diretamente os moradores. “Hoje estamos com várias frentes de serviços de estradas na zona rural de Icatu, por isso estamos acompanhando de perto os trabalhos e fazendo uma vistoria no andamento que vai beneficiar a todos da região, estamos atendendo a mais esse pedido e realizando o sonho antigo da população”, explicou o gestor.

 

Em quase dois anos de gestão, mais de 1000 km de estradas vicinais já foram recuperados, facilitando o acesso de quem mora na zona rural e precisa se deslocar até a zona urbana do município.

Celso Gonçalo é eleito presidente do Sebrae Maranhão

O empresário Celso Gonçalo foi eleito nesta quinta-feira (24), presidente do Sebrae para os próximos quatro anos – 2023/2027. O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Maranhão – é uma entidade associativa de direito privado, sem fins lucrativos, instituída sob a forma de serviço social autônomo.

Sediado em São Luís, o Sebrae Maranhão está presente em todas microrregiões do estado e conta com uma rede de atendimento composta por mais de 100 pontos, sendo dezenas de agências próprias e o restante pontos de entidades parceiras, abrangendo os 217 municípios maranhenses.

A instituição oferece produtos e serviços para empreendedores em diversos estágios de desenvolvimento, ajudando a iniciar, diversificar ou ampliar a atuação dos pequenos negócios do estado.

O Conselho Deliberativo do Sebrae Maranhão é composto por 15 instituições: Banco do Brasil, Banco do Nordeste, Caixa Econômica Federal, ACM, Senai, CEAPE, UFMA, FAEM, FAEMA, FCDL, Fecomércio, FIEMA, Sebrae Nacional, Secretaria de Estado de Indústria e Comércio e Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia.

A presidência do Conselho é definida a cada quatro anos, com alternância entre representantes dos setores do comércio e serviços, indústria e do agronegócio.

Além de Celso Gonçalo eleito presidente, foram eleitos Cristiano Barroso, vice-presidente; Albertino Leal superintendente-geral; Edila da Silva – diretora administrativa-financeiro e Mauro Borralho – diretor técnico.

 

Equipe do departamento de Iluminação Pública municipal de Pinheiro realiza manutenção de rotina na rede do Povoado Cuba

Essa é uma ação rotineira em que a equipe da Iluminação Pública do município realiza reparos para garantir a iluminação de qualidade para a população Pinheirense. A atenção é total com a sede e zona rural, com manutenções programadas e reparos atendendo às solicitações das comunidades que ligam para informar defeitos na rede, que são de imediato consertados.

Nesta quarta-feira, 23, a equipe liderada por Luís Paulo, esteve no povoado Cuba para realizar a troca de lâmpadas que estavam danificadas. Além dos reparos na iluminação das ruas, essa equipe também cuida dos espaços públicos como praças e campos de futebol que são áreas de lazer para a população.

O departamento de iluminação de Pinheiro realizou nos últimos anos a troca das luminárias antigas por Led na sede e povoados da zona rural. Alguns pontos da cidade receberam além da troca o reforço no sistema o que garante mais beleza e segurança é o exemplo do parque do babaçu, praça dos Moraes, barragem da Justina e o trecho da MA-014 que dá acesso a cidade.

Quem precisar dos serviços de reparos do departamento de Iluminação pública pode ligar no 3381-2718, das 8:00h às 12:00 das 14:00 às 18:00h, esse número está disponível para solicitações de reparos na rede de responsabilidade da prefeitura.

Prefeito de São Mateus é o novo presidente da FAMEM

Confirmado com cerca de 90% dos votos de 212 prefeitos filiados à entidade, o gestor de São Mateus do Maranhão, Ivo Rezende Aragão (PSB), foi aclamado novo presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM). O mandato da nova diretoria, introduzindo a Comissão de Direitos e Prerrogativas e reunindo 25 membros, cobrirá o período 2023-2024 e o novo líder será o 15º presidente, substituindo a Erlânio Xavier, prefeito de Igarapé Grande. A posse será em1º de janeiro.

Apoiado pelo governador reeleito Carlos Brandão, Ivo Rezende inscreveu a chapa “É tempo de Unidade: um olhar municipalista””. A ausência de outras candidaturas deveu-se a entendimentos conduzidos pelo ex-prefeito de São Mateus e tio do candidato, Miltinho Aragão. As tratativas mostraram as dificuldades que uma disputa traria para a condução do processo eleitoral e do diálogo entre os gestores, face ao encerramento próximo de um processo eleitoral amplo, com algumas reminiscências.

Municipalismo – Ao recepcionar os eleitos no Palácio dos Leões, onde os recebeu, o governador e o presidente eleito da federação avaliaram a importância do municipalismo, tese admitida como válida para promover o relacionamento entre os dois entes e utilizada por ambos para conduzir os assuntos de suas administrações. De parte de Brandão houve a garantia de que o sistema prosseguirá, na ajuda à implantação do plano de metas dos administradores municipais por parte do governo.

“Queremos governar o Maranhão com todos os prefeitos unidos. Viva o municipalismo!”. Conclamou o governador na recepção aos eleitos. Observou que a escolha do nome da chapa foi “muito acertada”. Na conversa com o novo presidente o fortalecimento do municipalismo e a necessidade de união para garantir o desenvolvimento das cidades e do Maranhão como um todo foi a tônica do diálogo. Uma pauta sobre definição de ações não ficou acertada, mas o encontro esse fim não demorará.

Brandão avançou para assinalar que a eleição marcou “um momento ímpar na história do Maranhão, construído por várias mãos, trabalhado para evitar divisão e destinado à manutenção de um projeto que gerou uma aliança vitoriosa para os municípios e o Estado”. E concluiu: “Não existem dois Maranhão, existe o Maranhão do municipalismo. É com esse espírito que vamos governar, trabalhando em sintonia com os prefeitos”.

O idealizador – O arquiteto da chapa única, o líder municipalista Miltinho Aragão, reafirmou o fundamento de que a estratégia foi montada para iniciar-se um projeto sem disputas, que poderia comprometer e esvaziar os objetivos de uma trajetória que se pretende de conquistas sociais de relevância, aproveitando o máximo das ideias dos gestores municipais. “Se é no município que tudo começa, é dos seus dirigentes, unidos, que devemos aproveitar as soluções a serem encaminhadas às autoridades superiores”, justificou.

Para Ivo Rezende, a defesa da união dos prefeitos pretende aproveitar o diálogo amplo para facilitar a relação entre os gestores e tirar proveito das boas ideias, proporcionando uma gerência positiva dos interesses comuns, gerando resultados que remetam para o progresso e o bem-estar das cidades e das populações. Ele elogiou o governador Brandão pela defesa intransigente do municipalismo e também o sistema.

Quem é Quem na FAMEM 2023/2024

Diretoria Executiva

Ivo Rezende Aragão (presidente) – São Mateus do Maranhão;

Bruno José Almeida e Silva (1º vice-presidente) – Coelho Neto;

Emanuel Lima de Oliveira (2º vice-presidente) – Santo Antônio dos Lopes;

Hilton Gonçalo de Sousa (secretário-geral) – Santa Rita;

Paulo Dantas Silva Neto (1º secretário) – Turilândia;

Adriano Machado de Freitas (2º secretário) – São Vicente Ferrer;

Valmira Miranda da Silva Barroso (tesoureira) – Colinas;

Enoque Pereira Mota Neto (1º tesoureiro) – Pastos Bons;

Lourival Leandro dos Santos Júnior (2º tesoureiro) – São Domingos do Azeitão;

Janilson dos Santos Coelho (diretor de Educação) – Presidente Médici;

Antônio Borba Lima (diretor de Saúde) – Timbiras;

Joserlene Silva Bezerra de Araújo (diretora de Assistência Social) – São João do Sóter;

Flávio Ronee Amorim Muniz (diretor de Meio Ambiente) – Araguanã;

Vanderly de Sousa do Nascimento Monteles (diretor de Cultura) – Anapurus;

João Batista Martins (diretor de Orçamento e Finanças) – Bequimão;

Alexandre Colares Bezerra Júnior (diretor de Segurança) – Pindaré-Mirim;

Germano Martins Coelho (diretor Jurídico) – Loreto;

Walace Azevedo Mendes (diretor de Infraestrutura e Urbanismo) – Icatu;

Luís Felipe Oliveira de Carvalho (diretor de Representação em Brasília) – Santa Inês
Conselho Fiscal

Francilene Paixão de Queiroz – Santa Luzia;

Luciana Borges Leocádio – Buriti Bravo;

Josimar Alves de Oliveira – Governador Nunes Freire;

José Martinho dos Santos Barros – (1º suplente) – Cantanhede;

Francisco Flávio Lima Furtado (2º suplente) – Duque Bacelar;

Ubirajara Rayol Soares (3º suplente) – Graça Aranha

Comissão de Direitos e Prerrogativas

Deoclides Antônio Santos Neto Macedo (Presidente) – Porto Franco;

Francisco de Assis Lima Pinheiro (Conselheiro) – Poção de Pedras;

Linielda Nunes Cunha (Conselheira) – Matinha;

Adailson do Nascimento Lima (Conselheiro) – Paulo Ramos;

Fabiana Rodrigues Mendes (Conselheira) – Presidente Vargas;

Josué Pinho da Silva Júnior (Conselheiro) – Peritoró;

Novos diretores se manifestam

Germano Coelho (Jurídico) – Renunciei à concorrência e aceitei assumir o Jurídico. Graças ao espírito agregador do (Governador) Brandão, que, em conversa franca, mostrou os frutos que o municipalismo poderia gerar sem concorrência. Hoje a vitória é do municipalismo. Eu, como defensor público, darei minha contribuição na área. Também ajudarei na descentralização das ações, pois, situada na capital, a federação fica, muitas vezes, distante do seu público-alvo. E nós defendemos maior aproximação.

Antônio Borba (Saúde) – Estamos assumindo dentro do espírito municipalista que caracteriza o governo Carlos Brandão. Nosso grande desafio é corrigir o valor per capta do paciente maranhense (o custo perante o SUS). No Piauí um paciente custa duas vezes que um maranhense (o valor pago pelo atendimento). Por exemplo: se o Piauí receber R$ 100 por um atendimento, o Maranhão recebe R$ 50. E nós temos que mudar isto. Para corrigir este cenário iremos a Brasília, com o governador, para evitar esta perda de muitos recursos financeiros. É nosso principal batalha.

Paulo Neto (Curió) (1º secretário) – Quero agradecer ao presidente eleito Ivo Rezende pelo convite para aceitar este encargo. Exaltar o gesto do governador Brandão pela intermediação pela chapa única, atitude das mais oportunas numa época próxima pós-eleitoral. Vamos dar nosso suporte aos desafios que o Ivo vai enfrentar, como, por exemplo, o saneamento básico, que é um gargalo que enfrentamos em todos os municípios. Cremos que o presidente Ivo vai empenhar-se, com o governador Brandão, junto ao governo federal para solucionar.

Bruno Silva (vice-presidente) – Em nome da unidade desistimos de concorrer à presidência e colocamos o nosso nome à disposição dos colegas prefeitos, em favor dos interesses maiores dos municípios e do Estado. O consenso sugerido pelo governador foi acatado, para que somássemos e não dividíssemos a FAMEM. A decisão fortaleceu a entidade e nos colocou em condições de melhor atuar pelo bem das populações que governamos, na busca de soluções para os muitos problemas que enfrentamos.

Concurso da Fundaj premiará práticas pedagógicas para convivência com semiárido brasileiro

As três primeiras colocadas ganharão premiação em dinheiro, enquanto as quinze melhores serão divulgadas em uma coletânea em formato de e-book.

Mais uma iniciativa da Fundação Joaquim Nabuco para aprimorar a educação no Semiárido brasileiro. A Fundaj lança a 1ª Edição do Concurso de Boas Práticas Pedagógicas em Educação Contextualizada para a Convivência com o Semiárido Brasileiro. Serão premiadas as três melhores práticas pedagógicas inscritas. Além disso, as 15 melhores colocadas serão publicadas em uma coletânea, em formato de e-book, pela Editora Massangana. As inscrições estarão abertas de 24 a 30 de novembro.

A educação contextualizada no Semiárido busca adaptar conteúdos escolares à geografia local, à cultura e às especificidades do lugar. Estimulando assim, um novo olhar sobre a região. Dessa forma, a ideia do concurso é selecionar textos que apresentem práticas pedagógicas que discutam o processo de utilização dos conteúdos curriculares na compreensão científica do semiárido (suas especificidades e potencialidades). A iniciativa é promovida pelas Diretorias de Pesquisas Sociais (Dipes) e de Formação (Difor) da Fundaj.

“A convivência com o semiárido requer a elaboração de práticas pedagógicas em conteúdos curriculares que unem a escola à realidade da região. Educadores e alunos devem ter oportunidade de, por meio de novas práticas, entender e expressar em materiais didáticos, cenários e vivências do Semiárido brasileiro”, afirmou a coordenadora do Centro de Estudos em Dinâmicas Sociais e Territoriais (Cedist) da Fundaj, Alexandrina Sobreira.

Podem se inscrever no concurso práticas pedagógicas desenvolvidas em qualquer município que compõe a região Semiárida brasileira, ou seja, abrangendo os estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe. É preciso também que o candidato inscreva apenas uma Prática Pedagógica e que tenha a idade mínima de 18 anos, até a data de inscrição. Como premiação, o 1º colocado ganhará 15.000,00 (quinze mil reais), o 2º, 12.000,00 (doze mil reais) e o 3º, 10.000,00 (dez mil reais).

A Comissão Julgadora avaliará os seguintes critérios: criatividade, originalidade, relevância para a convivência com o Semiárido, adequação do conteúdo à realidade do Semiárido, e a implementação no cotidiano escolar. Serão selecionadas as 15 melhores práticas pedagógicas para o e-book, sendo as três mais bem colocadas premiadas em dinheiro.

Além de identificar e premiar, o concurso busca difundir e estimular outros educadores e/ou escolas para que elaborem novas práticas pedagógicas, com base na Educação Contextualizada para a Convivência com o Semiárido. Contribuindo assim para a implementação de uma nova educação nessa região. Dúvidas e informações referentes ao Edital poderão ser atendidas, por meio do e-mail: [email protected]

Serviço:

1ª Edição do Concurso de Boas Práticas Pedagógicas em Educação Contextualizada para a Convivência com o Semiárido Brasileiro

Premiação: 1º Lugar: 15.000,00 (quinze mil reais); 2º Lugar: 12.000,00 (doze mil reais) e 3º Lugar: 10.000,00 (dez mil reais).

Período de inscrições: 24 a 30 de novembro de 2022.

Publicação do resultado: 14 de dezembro de 2022.

Inscrições pelo site da Fundaj.

Desembargador volta atrás em relação a decisão sobre a eleição da Câmara dos Vereadores de Pinheiro

 

Na manhã de hoje, 21, o Desembargador Relator do Tribunal de Justiça do Maranhão, Raimundo José Barros de Sousa, voltou atrás e revogou a sua própria determinação em relação a realização de uma nova eleição para a Câmara dos Vereadores do Município de Pinheiro.

Após pedido de reconsideração que foi adicionado aos autos do processo em questão, o Desembargador proferiu nova decisão revogando a sua última, por presença de claros vícios desde a origem do processo, o que fez com que ele voltasse atrás, mantendo apenas a ordem de suspensão do resultado da eleição ocorrida no dia 18 de julho de 2022, que deu vitória ao vereador Lucas do Beiradão.

Então, não será realizada nova eleição para a presidência da Câmara dos Vereadores de Pinheiro, devendo o resultado final da questão ser apreciado na análise do mérito do recurso de Agravo de Instrumento.

Veja a decisão: CLIQUE AQUI!

Prefeito Luciano parabeniza Ivo Resende, prefeito de São Mateus, pela vitória na eleição da presidência da Famem

Luciano Genésio (PP), parabenizou o prefeito de São Mateus, Ivo Rezende (PSB), por sua vitória na eleição da presidência da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), ocorrida na manhã de hoje, 21. Ivo obteve o apoio de mais de 100 prefeitos.

Luciano fortaleceu o grupo e acompanhou de perto a caminhada do prefeito de São Mateus rumo a mais essa conquista e confia que ele fará um excelente trabalho à frente do órgão.

“PARABÉNS ao nosso amigo Ivo Resende a quem declarei o meu apoio para essa eleição, fico muito feliz em ver sua vitória e acredito no seu trabalho, confio que fará a diferença a frente da Famem”, disse Luciano.

Mais IDH: Famílias de Milagres do Maranhão são beneficiadas com a entrega de 108 moradias dignas

Prefeito José Augusto Caldas popular (Gugu) recepciona governador Carlos Brandão no povoado Tucus, onde fizeram entrega de conjunto habitacional através do Programa do Governo mais IDH. Ao todo já foram entregues 108 casas, kits para práticas de esportes e carrinhos de hot Dog. O evento aconteceu na tarde do último sábado (19), e contou com a presença da Banda Fanfarra Nossa Senhora dos Milagres. Esteve presente no evento o Ex-Prefeito Leonardo Caldas, Secretária de Educação Aline Caldas, Prefeito de Brejo José Farias e Vereadores, Secretarios e número de pessoas.

“A casa que nós tínhamos era uma casinha de taipa. Hoje nós somos muito felizes por essa casa. Eu sou muito feliz”. Este depoimento é do pedreiro Roberval da Silva, um dos 108 moradores do município de Milagres do Maranhão que foram beneficiados com a entrega de casas do Plano Mais IDH.

Milagres do Maranhão fica localizada na região do Delta do Parnaíba e a solenidade de entrega aconteceu no povoado Tucuns, zona rural do município. A construção das unidades foi iniciada pela Secretaria de Estado das Cidades do Maranhão (Secid) e finalizada pela Secretaria de Estado de Governo (Segov).

As casas fazem parte do Plano Mais IDH, coordenado pela Secretaria de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop) e executado em parceria com outras 19 pastas do governo.

Maria de Fátima mora em Milagres do Maranhão e é beneficiária do programa Mais Renda. Ela agradeceu ao receber sua nova residência, que ele chamou de “presente”.

“Chegou em uma boa hora para nós, porque a gente não está com condições financeiras de comprar uma. Eu fui sorteada para ganhar esse presente e isso é maravilhoso”, festejou dona Maria de Fátima.

Kedson Lima apoia Ivo Rezende para FAMEM

O prefeito de Aldeias Altas, Kedson Lima, manifestou seu apoio ao colega Ivo Rezende Aragão, prefeito de São Mateus, aclamado nessa segunda-feira como presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM), em solenidade em São Luís. Lima foi dos primeiros a declarar-se aliado ao novo presidente, destacando os valores que o gestor tem aplicado em sua administração. Para Lima, Rezende tem o perfil de renovador e representa uma geração política exitosa – é sobrinho do líder Miltinho Aragão, ex-prefeito do município.

O presidente eleito da federação liderou chapa única – “É tempo de Unidade: um olhar municipalista” –, depois de bem sucedidas negociações para substituir o atual presidente, prefeito de Igarapé Grande, Erlânio Xavier. A chapa ganhou a simpatia do governador Carlos Brandão, que não interferiu nas tratativas. “Ivo está preparado para gerir a entidade que representa os interesses dos municípios perante as autoridades com a mesma visão e discernimento com que administra São Mateus”, reconhece Lima. Na vice-presidência está Bruno Silva, de Coelho Neto.