Parceria de resultados: Prefeitura de Pinheiro e Equatorial ofertam cursos de qualificação gratuitos em Pinheiro

A partir desta segunda-feira (13), os clientes cadastrados no programa Tarifa Social Baixa Renda de Pinheiro poderão se inscrever para cursos de qualificação profissional. A iniciativa faz parte do projeto E+ Profissional da Equatorial Maranhão em parceria com o SENAC e Prefeitura de Pinheiro. As inscrições podem ser feitas no Centro de Referência de Assistência Social – CRAS, localizado na Rua Francisco Costa Leite, bairro João Castelo, das 8h às 12h.

Em Pinheiro, os cursos oferecidos serão: Panificação Caseira, Design de Sobrancelha e Básico de Corte e Costura. Os interessados em participar devem ter em mãos, cópia do RG, CPF e última conta de energia. A iniciativa tem o objetivo de promover capacitação e oportunidades no mercado.

De acordo com a Assistente Comercial da Equatorial Maranhão, Claudia Amélia Pessoa, o projeto segue as ações estratégicas da distribuidora em trabalhar pelo futuro do Maranhão.

“A Equatorial busca transformar a realidade das pessoas e do Estado, e com o E+ Profissional vamos estimular a economia com a possibilidade das pessoas já utilizarem o conhecimento adquirido nos cursos ofertados”, pontua Claudia Amélia.

Confira a programação dos cursos em Pinheiro:

– Básico de Corte e Costura: Dia 20 de dezembro de 2021 – das 14h às 18hs
– Panificação Caseira: De 14 a 20 de dezembro de 2021 – das 14h às 18hs
– Design de Sobrancelha: De 14 a 20 de dezembro de 2021 – das 14h às 18hs

Além de Pinheiro, municípios como Imperatriz, Timon, São Luís e Bacabal também devem ser contemplados. As vagas são limitadas. O programa E+ Profissional da Equatorial Maranhão é uma iniciativa que faz parte do programa de Eficiência Energética da Agência Nacional de Energia Elétrica (PEE/ANEEL).

“O município de Pinheiro está em primeiro lugar na baixada no ranking de cadastros no Programa Tarifa Social, são mais de 13 mil cadastros aprovados. Parcerias como essa com a Equatorial e Senac irão trazer qualificação e oportunidades para os pinheirenses”, disse o secretário de Assistência e Desenvolvimento Social Lucas do Beiradão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.