Empresários chineses pretendem investir no Maranhão

Um equipe de 33 empresários chineses reuniram-se no Restaurante Malagueta, em São Luís, com os prefeitos de Central do Maranhão, Ismael Monteiro; de Bequimão, José Martins e o com o ex-prefeito do Cururupu, José Pestana, para falar sobre a intenção de investir na baixada maranhense.

Coordenador da Câmara Brasil – China, o jornalista Daniel Castro disse que a intenção da visita ao Maranhão é aproximar a comunidade chinesa com as potencialidades do Maranhão. “São mais de 300 mil chineses em São Paulo e sete associações de empresários, mulheres, jovens que desejam investir no turismo, em empresas de alta tecnologia e fazer intercâmbio na área de educação, que é uma área prioritária para os chineses”, afirmou

Ele também disse que a maior rede de televisão do mundo, com mais de um bilhão de audiência, vai transmitir as potencialidades do Maranhão. “Nesta primeira visita conhecemos a área dos Lençóis Maranhenses, mais precisamente Santo Amaro, e já estamos com empresários chineses interessados em conhecer os municípios de Central, Guimarães, Porto Rico e Bequimão”, disse.

Empresário em Central do Maranhão, ex-vereador e proprietário da Cachaça Azulzinha, José Antônio Campos também esteve no jantar. “Os chineses estão interessados em investir em produtos sustentáveis e viemos apresentar nosso produto, que tem todos os registros e facilita a exportação. O nosso maior mercado é o consumidor interno e exportar para países asiáticos vai nos credenciar a exportar para outros países”, prevê. Na região da baixada ainda existem alambiques e o investimento vai gerar recursos nos municípios de Central, Mirinzal, Guimarães, Cururupu e Porto Rico.

A chinesa Rebeca Lin disse que a visita ao Maranhão foi muito proveitosa. “Passamos dois dias nos Lençóis Maranhenses e ficamos impressionados com a beleza e potencial turístico. “Muitas cidades pequenas e médias ainda têm problemas na área de meio ambiente e a China tem tecnologia de meio ambiente e geração de energia eólica e sustentável que podem ajudar muito os gestores maranhenses. Fizemos um olhar de investidor para conhecer a região e vamos organizar novas visitas ao Maranhão antes de decidirmos como serão feitos os investimentos”, afirmou.

1 pensou em “Empresários chineses pretendem investir no Maranhão

  1. Acredito que tais contribuições internacionais podem ser de grande ajuda econômica aos maranhense desde que seja feita a distribuição de empregos a comunidade da sociedade local, só assim teremos sim, uma renovação da economia maranhense que tem se mostrado mal distribuída.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *