Barreirinhas retoma vaquejada multinterativa e repete sucesso

A 37ª Vaquejada Multinterativa de Barreirinhas (vaquejada, agenda cultural e entretenimento), entre 10 e 14 de novembro, repetiu o sucesso das edições anteriores, mesmo acontecendo “fora de época”. A transferência, este ano, de julho para novembro, foi motivada pela interrupção causada pela pandemia e por causa das chuvas intensas que prejudicaram o parque, exigindo serviços de recuperação que garantisse a segurança do local. O prefeito Amílcar Rocha não viu interferência no êxito por causa da mudança; mas anunciou a volta a julho em 2023.

Doutor Amílcar disse que a população voltou a aprovar os investimentos, prestigiando a retomada do evento marcante do calendário turístico-cultural do município. Reconheceu que a festa ultrapassou os limites geográficos do município, constituindo-se, hoje, um evento regional, com participação até de cidadãos de outros Estados da Federação. Admitiu que a economia municipal recebe forte contribuição das atividades informais e ganha com o intercâmbio cultural com outros centros irradiadores.

Linhas aéreas – Barreirinhas, porta de entradas dos Lençóis Maranhenses, está aparelhada para receber turistas com a ativação do aeroporto (a Azul está operando a partir de São Luís até Fortaleza, passando por Parnaíba e Jericoacoara) e investimentos nas diversas redes de serviço que atende aos visitantes) e a promoção de eventos de várias naturezas. Outras companhias estudam incluir o roteiro regional em suas linhas. A localidade de Mandacaru está em alta com a inclusão do seu cenário numa novela da Rede Globo (Travessia) em horário nobre.

A movimentação da vaquejada não surpreendeu ao coordenador Tom Fragoso. “Como se trata de uma festa tradicional, a mudança de data e a interrupção pela pandemia não impediu o brilho nessa retomada. Nós refizemos o quadro de categorias para os concorrentes, ampliamos o espaço para o público feminino e elevamos o valor dos prêmios (R$ 125 mil no geral), o que representou mais atrativo para o evento”, informou. Ele comemorou maior número de vaqueiros este ano.

Atrações – Para o secretário de Cultura, Alberto Santos, o conjunto de atrações elevou o interesse do público e garantiu alta frequência ao longo dos cinco dias. A premiação dos vaqueiros, o concurso de Rainha da Vaquejada e os bailes na Casa da Farinha foram destaques na programação. Que se associaram a apresentações de bumba-boi, danças típicas e artistas locais e de fora. A rainha Patrícia Oliveira falou de sua emoção em participar dessa experiência incrível. Revelou que já foi Miss Parnaíba e Miss Barreirinhas e estar feliz em incorporar novo título à sua carreira.

O filho de Barreirinhas José Maria, que já estendeu sua criatividade para outras cidades maranhenses (foi secretário de Cultura de Cururupu, na gestão do prefeito José Francisco Pestana) brilhou com sua brincadeira Pérola dos Lençóis. Criada em 2014, aproveitando a experiência de uma brincadeira anterior), o produtor cultural considera que a vaquejada oportuniza a amostragem do potencial artístico-cultural barreirinhense e estimula o aparecimento de vocações e a consolidação das manifestações.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.