Carlos Brandão: Maranhão cheio de confiança

Diante dos compromissos que assumimos com o povo do Maranhão, um deles é muito especial e se apresenta como um grande desafio a ser vencido diariamente: a geração de empregos. Então, ficamos felizes quando conseguimos manter o estado registrando aumento no número de vagas pelo nono mês consecutivo. Um desempenho que nos coloca em primeiro lugar no ranking do Nordeste, quando se analisa o percentual do saldo positivo que alcançamos, na relação admissão/demissão. E se somos o estado que mais contrata do que demite de toda a nossa região, estamos no caminho certo.

Temos consciência de que, para manter esse ritmo, é necessário continuarmos com os investimentos públicos, oportunizarmos a abertura de mercado aos jovens e avançarmos na capacitação e qualificação da mão de obra – um trabalho que já conta com parcerias de instituições que nos auxiliam nessa tarefa.

Para buscar novas oportunidades, novas possibilidades, não aguardamos o ano acabar. Nessa semana, em Brasília, participei de uma reunião com a bancada federal maranhense e saí satisfeito. Principalmente pelo entendimento comum do momento que vivemos e do que podemos conquistar diante da nova gestão da União. Muito, também, por termos garantido, com o apoio de nossos deputados federais e senadores, a destinação de R$ 25 milhões das emendas impositivas para o início da construção do Centro de Convenções da Uema e para o auxílio no custeio da saúde. Mais uma prova de que todos estão irmanados para trabalhar pelo melhor para os maranhenses.

Todos temos muita confiança em nosso estado. Uma confiança que também nos é alimentada pelos números que conseguimos alcançar no Porto do Itaqui. De janeiro a setembro deste ano, já movimentamos quase 26 milhões de toneladas em cargas, o que representa um aumento de 6% em relação aos números do mesmo período, no ano passado. Também neste ano, devemos bater a meta de 31 milhões de toneladas de cargas, sendo 15 milhões de toneladas só em grãos, o que reforça a nossa capacidade de atender, de forma célere e eficiente, o agronegócio maranhense.

Quando cultivamos o ordenamento jurídico, garantimos o cumprimento dos contratos e oferecemos condições de infraestrutura para a chegada de novos investidores. Com isso, ganhamos mais segurança de que podemos alcançar o resultado que tanto queremos ao focarmos na geração de empregos: a melhoria da qualidade de vida de nossa gente.

Vamos seguir confiantes. Ainda há muitas conquistas pela frente.

*Governador do Maranhão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.