Prefeito celebra aniversário de Icatu com 71% de aprovação popular

O prefeito Wallace Azevedo, a primeira-dama Natalia, o vice Carlos Pereira e o presidente Academia Icatuense de Letras, Ciências e Artes (AILCA), José Almeida, lideraram a comissão que recepcionou autoridades, convidados e populares na comemoração dos 408 anos de soberania de Icatu, dias 25 e 26 de outubro. Segundo município mais antigo do Maranhão (só São Luís o antecede), ali se feriu a Batalha de Guaxenduba, em 19 de novembro de 1614 (portugueses e tabajaras, de um lado; e francesas e tupinambás, de outro), que resultou na expulsão definitiva dos franceses do Maranhão, sepultando a tentativa de estabelecer posto de colonização francesa (França Equinocial) no Maranhão. A saída derradeira dos franceses deu-se em 4 de novembro de 1615.

O prefeito comemorou o aniversário com a conquista de aprovação popular (71%) constatada pelo Instituto Voz e Opinião em pesquisa criteriosa. Ao receber o resultado, Azevedo o atribuiu ao trabalho que ele e a equipe de governo realizam em favor da segurança, do conforto e do bem-estar das comunidades carentes. E assegurou que prosseguirá com a atuação para dotar Icatu dos mecanismos de desenvolvimento que o equipare aos maiores territórios do Estado.

Agenda de fé – O roteiro de eventos começou em 25 de outubro, com manifestação evangélica e show gospel animado pela Banda Marcados. Pastores e cantores gospel pregaram e cantaram louvores a Deus, pedindo bênçãos para as autoridades e a população. No dia seguinte foi a vez dos ministros da fé católica, liderados pelo padre James Dean destacarem a importância desta benção cristã para o alívio da inquietações de todos. A participação do povo de Deus na festa mereceu agradecimento do prefeito.

A manifestação de fé, agora no plano político, foi feira pelo prefeito em favor dos candidatos para os quais trabalhou no leito de 2 de outubro. Especialmente o senador eleito Flávio Dino e o governador reeleito Carlos Brandão. Aos dois e ao deputado estadual Ricardo Rios, reeleito, reafirmou depositar a confiança na manutenção da parceria estabelecida há dois anos e consolidada por obras e serviços, que projetam o futuro animador para a população icatuense.

Inaugurações – Embora com um conjunto de realizações prontas, o prefeito preferiu selecionar apenas três para marcar a data do aniversário, entregando-as: a quadra poliesportiva de Crissanto, e as praças revitalizadas “João Caburé”, em Baiacuí; e “Lurdinha Azevedo”, em Mutirão. Outras obras aguardam acabamento e serão entregues oportunamente. Azevedo garante que todas são de interesse da população e destinadas a promover o bem-estar das comunidades carentes.

Associados às inaugurações, outros eventos tiveram destaque no dia do aniversário, 26, como cortejo (com Banda Sementes de Icatu), missa em ação de graças, desfile cívico, Parabéns Icatu e Show Cultural (radiola, bandas e DJ). Atividades esportivas tiveram destaque na programação, em razão do incentivo que a gestão municipal dá a este segmento, como elemento de inclusão social. Entre os procedimentos para consolidar o sucesso desta programação, o prefeito Azevedo, o vereador Beto e o secretário municipal de Esportes e Lazer, Dalton Azevedo, pedirão iluminação para o Estádio “Arnaldo Melo”.

Aprovação – Durante as comemorações, o prefeito foi surpreendido com resultado de pesquisa, aplicada pelo Instituto Voz e Opinião, que lhe atribui índice de preferência popular de 71%. Ao ser informado, ele humildemente dividiu a conquista com sua equipe de trabalho e atribuiu os números à bondade da população. Mas sem deixar de reconhecer que o trabalho realizado remete para esta preferência. “Estamos trabalhando pelo bem-estar do povo e esse reconhecimento não é de todo surpreendente”, admite.

Com ele foi também destacada a vereadora Georgete Santos, cuja atuação na Câmara mereceu expressiva aprovação da comunidade consultada. Ela se manifestou agradecida pela votação e reafirmou o propósito de representar, da melhor forma possível, a comunidade no atendimento dos seus anseios. “É esse reconhecimento popular que nos anima a prosseguir com o trabalho. Toda nossa disposição está a serviço das comunidades icatuenses”, afirmou.

Manifestações – O padre James Dean destacou a importância da benção cristã-católica dada durante a missa às autoridades, com intercessão de Nossa Senhora da Conceição; a secretaria da Mulher, Naiara Azevedo, descreveu a ação de sua secretaria, destacando os cursos de capacitação para o gênero e os mecanismos para o combate à violência, principalmente doméstica; o vice-prefeito Carlos Pereira considerou revolucionária a atuação do prefeito em todas as área; e os deputados João Marcelo (federal) e Ricardo Rios (estadual) mantiveram o propósito de seguir ajudando o prefeito, principalmente pelo número de votos que conquistaram no município.

No campo do entretenimento, o líder da Tribo de Jah, Fauzi Beydoun, falou da satisfação de, há 37, estar em atividade e alegrando as comunidades interioranos do Maranhão com a banda que lidera. “É de extrema empatia nossa relação com o público das cidades maranhenses, o que nos estimula a continuar na atividade artística”, confessa emocionado.

Box Os 11 anos da AILCA e seu presidente
A Academia Icatuense de Letras, Ciências e Artes (AILCA) é o repositório da história do município e, por extensão, do Maranhão. Daí a sua presença na festa dos 408 anos de existência de Icatu. Seu fundador e presidente, José Almeida, aos 82 anos, comanda os destinos da instituição, preservadora do conhecimento da região e transmissora dos notórios fatos da história do Maranhão de antanho.

José Ribamar de Sousa Almeida, ativista político consciente do papel que esta ciência tem para o gênero humano, exerceu o múnus com comportamento acima de qualquer suspeita, mesmo sofrendo algumas augruras. Graduado em Magistério Superior (UEMA), pós-graduado em Orientação Educacional Supervisão e Gestão Escolar e História e Cultura Agro Brasileira (Faculdade Santa Fé) e Gestão Pública (UFMA).

Em Icatu foi prefeito, secretário de Administração (cinco vezes), secretário-chefe de Gabinete (uma) e secretário de Cultura Igualdade Racial e Turismo (uma). Foi vereadora nas legislaturas de 2001-2004, 2005 – 2008 e 2009 – 2012; presidente da Câmara 2001 – 2002 e 2007 – 2008. Tem uma dezena de livros a publicar. É pesquisador, escritor, poeta e historiador autodidata. Leitor insaciável de autores maranhenses, nacionais e internacionais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.