Fundaj prorroga prazo de inscrição para o II Concurso Nordestino do Frevo

As novas composições podem ser inscritas até o dia 31 de agosto.

A Fundação Joaquim Nabuco prorrogou o prazo de inscrição do II Concurso Nordestino do Frevo. Agora, os interessados têm até o dia 31 de agosto para inscrever suas novas composições. Atenção também para as demais datas do processo classificatório dos participantes, que seguem o cronograma inicial. A divulgação dos pré-selecionados será no dia 16 de setembro, e a publicação dos vencedores do II Concurso Nordestino do Frevo, no Diário Oficial da União, será no dia 4 de outubro. Ainda segundo o edital, a entrega dos prêmios aos vencedores será no dia 5 de novembro de 2022.

Neste ano, além dos já tradicionais prêmios para os melhores frevos de rua, de bloco e canção, foi criada a categoria frevos livres instrumentais, além do retorno dos prêmios de melhor intérprete e arranjo.

Ao todo, serão R$ 92 mil em premiação, com os 12 vencedores sendo conhecidos em novembro em uma celebração especial, realizada pela Fundaj. Os inscritos precisam ser residentes do Nordeste e as músicas devem ser inéditas. Todas as informações sobre o concurso, incluindo os novos prazos, podem ser consultadas através do edital já disponível pelo site oficial do evento.

As obras premiadas farão parte do acervo do Centro de Documentação e de Estudos da História do Brasil (Cehibra), somando-se, assim, ao maior acervo fonográfico da Região Nordeste. As histórias das composições e de seus criadores serão registradas em um livro publicado pela Editora Massangana da Fundaj, assim como o da primeira premiação.

“Ao premiar as melhores obras deste concurso, a Fundaj pretende executar políticas públicas, dentro das suas finalidades de incentivar a produção cultural na Região Nordeste, bem como contribuir com a difusão e o fortalecimento do Frevo, manifestação artística genuinamente pernambucana que é Patrimônio Imaterial da Humanidade”, diz o texto do edital.

Vale lembrar que grandes frevos da história da música pernambucana vieram dos tradicionais concursos do ritmo, que possuem uma tradição de décadas, sendo um dos mais importantes mecanismo de preservação dessa expressão cultural.

Categorias do Concurso Nordestino do Frevo

Premiação:

Frevo de Rua – R$ 10 mil para o 1º lugar; R$ 8 mil para o 2º lugar, R$ 6 mil para o 3º lugar

Frevo de Bloco – R$ 10 mil para o 1º lugar; R$ 8 mil para o 2º lugar, R$ 6 mil para o 3º lugar

Frevo Canção – R$ 10 mil para o 1º lugar; R$ 8 mil para o 2º lugar, R$ 6 mil para o 3º lugar

Frevo Livre Instrumental – R$ 10 mil para o 1º lugar

Melhor Arranjo – R$ 6 mil para o 1º lugar

Melhor Intérprete – R$ 4 mil para o 1º lugar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.