Senador Roberto Rocha solicita criação de Comissão Temporária Externa, para verificar in loco situação da travessia do Ferry Boat que conecta São Luís a região ocidental do Maranhão

O requerimento realizado na última quinta-feira, 09, é regido nos termos do art. 74, II, do Regimento Interno do Senado Federal. Roberto Rocha solicita a constituição de uma Comissão Temporária Externa composta de 3 (três) membros titulares com a mesma quantidade de membros suplentes para, no prazo de 120 (cento e vinte) dias, verificar, in loco, a situação da travessia de ferry boat que conecta a região ocidental do Estado do Maranhão à ilha de São Luís.

Segundo o senador é fundamental que o Senado Federal, no exercício de seu poder fiscalizatório, averigue a situação dessa travessia. Essa é a única travessia marítima que permite o transporte de automóveis sobre embarcações, essencial para o desenvolvimento da região noroeste do Maranhão. Entretanto, esse sistema de transporte fundamental para os maranhenses vem passando por uma crise sem precedentes, que impede os cidadãos de exercer seu direito de ir e vir e coloca em risco a segurança daqueles que, após enfrentar filas quilométricas, precisam utilizar diariamente as embarcações ainda disponíveis.

O principal objetivo é poder realizar diligências nas instalações, para a qual serão convidados representantes do Ministério da Infraestrutura, do Ministério da Defesa (Comando da Marinha) e da Procuradoria Geral da República, a fim de discutir uma solução urgente para esse problema tão grave que afeta a população da região.

Essa é uma pauta muito debatida pela Deputada Estadual Dra. Thaisa Hortegal que na Assembléia Legislativa cobrou solução para o problema. O Senador Roberto Rocha soma formas para cobrar uma solução definitiva para o caso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.