Fé, cultura e meio ambiente marcam os 84 anos de Barreirinhas

Os 84 anos de emancipação de Barreirinhas, comemorados ao longo de dois dias – 28 e 29 de março – foram marcados por atos de fé, cívicos, manifestações culturais, atividades esportivas e em defesa do meio ambiente, envolvendo toda a comunidade. O prefeito Amílcar Rocha e a primeira-dama Lurdes Leitão coordenaram a programação, estimulando a participação das comunidades e das figuras mais expressivas dos setores em destaque. A recreação artística teve expressivo papel na grade de eventos. As populações das cidades da Região Lençóis/Munim prestigiaram a celebração.

O prefeito Amílcar Rocha incentivou a criatividade e o interesse pela pesquisa histórica, criando o concurso “Barreirinhas – Terra de Encantos e Amores”, para premiar as melhores redações sobre o tema, produzidas pelos estudantes do 6º ao 9º ano da rede municipal de ensino. Eles foram desafiados a pesquisar a contribuição do que criaram e consolidaram a cidade em todos os setores de atividades. Os autores dos três melhores trabalhos foram premiados com notebooks.

Eventos – No dia 28 os agentes do Jovens Ambientais reuniram-se para a limpeza da Beira-Rio e do Morro da Ladeira, por iniciativa da Secretaria de Meio Ambiente (SEMA), atividade que se estendeu ao longo do dia. Na mesma data aconteceu a apresentação do Projeto Bom de Bola, a cargo da Secretaria de Esporte e Juventude, no Centro de Convenções (Aeroporto). Do final da tarde até alta noite o público acompanhou recital de poesia, apresentação da Companhia Atos Teatro, Cleber Rocha, Grupo Cultural Invasores do Tapuio, Diego Reis e Banda, Boi Pérola dos Lençóis e Paulo do Arrocha.

No dia 29 a programação registrou atividades esportivas de várias modalidades ao longo do dia, palestra abordando o tema “Impactos do Agronegócio para o Meio Ambiente”, dirigida a um público variado, e a Primeira Pedalada Ecológica, nos caminhos do Rio Preguiça, ambas sob coordenação da SEMA. Também neste dia aconteceu queima de fogos, missa em ação de graças e culto evangélico, apresentação da Banda Forró Real e do cantor gospel Cícero Oliveira. Para o prefeito, a programação atendeu a todas as preferências, “com o objetivo de superar a ausência de confraternização dos anos atingidos pela pandemia”.

Concurso – Avaliados os trabalhos recebidos, a comissão julgadora, responsável pela análise, selecionou os três melhores, cujos autores foram contemplados com, pela ordem, notebook (1º), smartphone (2º) e tablet (3º). Os premiados foram, pela ordem: Marlene Silva Rufino, da Unidade Integrada “José Serejo de Carvalho”; Monalisa Amor Castro Sousa, do Centro de Ensino Fundamental Municipal “Governador Matos Carvalho”; e Diogo Murilo Castro Costa, do Centro de Ensino Fundamental Municipal “Governador Matos Carvalho”.

Ao parabenizar os ganhadores, o prefeito augurou-lhes sucesso na vida estudantil e aconselhou-os ao manter o interesse pelos estudos, conscientes de que este é o caminho para o êxito na vida profissional. “Nosso interesse é incentivar nossa juventude estudiosa a manter o foco no ensino, preparando-se para o desafio que a complexidade do conhecimento cada vez mais impõe aos seres humanos”. As autoridades educacionais barreirinhenses anunciam novas promoções desse gênero em ocasiões futuras.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.