Sessões acessíveis Índigo e Alumiar voltam ao Cinema da Fundação

Voltado ao público com necessidades específicas e em situação de vulnerabilidade social, o cronograma especial de filmes retorna às salas de exibição no Derby, neste domingo (27)

Reafirmando o diálogo que a Fundaj vem criado com as pessoas com necessidades específicas, ao oferecer um espaço de inclusão cultural por meio da sétima arte, o Cinema da Fundação traz de volta à sua programação, neste final de março, as sessões Índigo e Alumiar de Cinema Acessível ao público.

Suspensa desde o início da pandemia, a Sessão Índigo volta à grade de exposição neste domingo (27), às 15h, com a exibição do filme Toy Story – Um Mundo de Aventuras, na sala do Derby, bairro central do Recife. A sessão especial, voltada para pessoas com necessidades específicas, como o Transtorno do Espectro Autista, atende a todos que possam se beneficiar por uma sala mais iluminada e com som reduzido durante o filme. Com algumas novidades, como a articulação para o acolhimento de crianças em situação de vulnerabilidade social, assim como de mães com bebês de colo, a Sessão Índigo é gratuita e ocorre sempre no último domingo do mês.

Assim como a Índigo, a Sessão Alumiar também retorna, em março, às telas do Cinema da Fundação. Exibindo, com modalidades de acessibilidade comunicacional, o filme A História da Eternidade, nesta quinta-feira (31), às 14h, no Derby, a Alumiar é voltada para as pessoas com deficiências sensoriais e promove sessões gratuitas para este público.

Visibilidade
Para Túlio Rodrigues, chefe da Divisão de Acessibilidade do Cinema e da Cinemateca Pernambucana da Fundaj, o retorno das sessões acessíveis possibilita que grupos historicamente invisibilizados possam fazer parte da dinâmica cultural que eles têm direito, como está previsto na Lei Brasileira de Inclusão. “Projetos como esses são importantes porque muitas pessoas com deficiência nunca tiveram acesso ao cinema ou outros equipamentos culturais e só revela a importância de cada vez mais os espaços estarem preparados para receber esse público da maneira mais adequada possível”, reforça Túlio.

“Os projetos têm articulações com escolas, grupos e associações de pessoas com deficiência e necessidades específicas. Até antes da pandemia, as sessões já tinham alcançado um público de mais de 4.000 pessoas e de mais de 20 cidades pernambucanas”, conclui.

A Fundaj também oferece transporte de ida e volta ao cinema para os grupos que se encaixam no perfil das duas sessões. A ação é possível entrando em contato direto com a divisão de acessibilidade, responsável pelos projetos: [email protected]

Cronograma Sessões Acessíveis

Local: Cinema da Fundação Derby – Rua Henrique Dias, 609, Derby, Recife.

Dia 27/03, 15h – Sessão Índigo – Toy Story

Dia 31/03, 14h – Sessão Alumiar – A História da Eternidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.