Prefeito de Pindaré reajusta ganho dos professores

Para aplicar o que dispõe a legislação federal aos vencimentos dos professores do ensino fundamental, o prefeito de Pindaré-Mirim, Alexandre Colares Bezerra Júnior, assinou ato reajustando os ganhos dos integrantes da rede municipal de ensino. O percentual de 18% foi negociado com a categoria, que entendeu as limitações do orçamento municipal em não alcançar os 33%, teto sugerido pelo Governo Federal.

O prefeito agradeceu a compreensão dos mestres em entrevista ao blog durante a passagem do governador Flávio Dino pelo município nesta segunda-feira 14 de março. Dino esteve na cidade para ampliar as ações da parceria estabelecida com as administrações municipais e verificar o andamento de obras financiadas juntamente com a gestão local, como as do Restaurante Popular, equipamento carro-chefe do seu programa de ações sociais em benefício das populações carentes.

Placa – A convite do prefeito, a comitiva governamental inaugurou um prédio destinado ao funcionamento de Escola Digna, no Povoado Santa Helena, vistoriou as reformas em andamento nas escolas municipais “Maria Amélia Silva” e “Deputado João Araújo”, a do prédio que acolherá o Restaurante Popular e descerrou a placa do Farol da Educação “Alzira Haickel”, cujas instalações foram reconstruídas, dentro do programa de restauração dessas unidades.

O prefeito elogiou a iniciativa da parceria e destacou o fato de, em função dela, os municípios estarem recebendo o estímulo e a visita periódica do governador para entregar obras e serviços. No caso particular de Pindaré observou a próxima inauguração do Restaurante Popular, que classificou como “o sonho de todas as cidades” e “fomentador da cadeia produtiva” pela oferta de emprego e o aproveitamento da produção da agricultura familiar.

Professorado – Indagado sobre a aplicação do recente aumento para os professores da rede de ensino fundamental, decretado pelo governo federal (33%), Alexandre Júnior analisou que cada município tem uma realidade econômica diferente, o que obriga a negociações com a classe, como foi o caso local. Contando com a compreensão da categoria, em Pindaré foi aplicado o percentual de 18%, diminuindo o impacto no orçamento e comprometendo, o mínimo possível, a Lei de Responsabilidade Fiscal. A categoria aprovou.

Para o prefeito, os professores recebem aquém do que merecem; mas lamenta que o governo federal estabeleça índices sem o correspondente repasse, sacrificando orçamento municipal e criando situações de confronto entre o professorado e o gestor. Ele disse fazer uso da “administração do diálogo” para superar os obstáculos e conduzir as negociações a bom termo.

Em Pindaré Dino também entregou kits de instrumentos musicais para igrejas evangélicas e católicas e de robótica, viatura à Polícia Civil, cartões do Programa Maranhão Verde, forrageiras, assinou ordens de serviço para pavimentação asfáltica e em bloquete.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.