Porto Rico do MA: Aldo Brown é condenado a pagar multa de R$ 10 mil

Aliado preso em 2018 acusado de portar cocaína para compras de votos também foi multado

O candidato a prefeito do município de Porto Rico, Aldo Brown (PL) e seu aliado, candidato a vereador Floriano Júnior (PL), sofreram mais uma condenação na Justiça. Desta vez, não foi na esfera criminal, mas na eleitoral. (Veja a sentença aqui e aqui)

De acordo com sentenças do juiz Samir Araújo Mohana Pinheiro, da 30ª zona eleitoral, Floriano Júnior foi condenado a pagar multa de R$ 5 mil reais e Aldo Brown, multa no valor de R$ 10 mil reais. Ambos por propaganda eleitoral irregular.

Ainda segundo sentença do magistrado, os dois candidatos estão sujeitos ao pagamento de multa diária no valor de R$ 10 mil reais cada um, caso não cumpram a determinação judicial.

Prisão com droga em 2018

Em 2018, Floriano Júnior, que agora disputa uma vaga na Câmara do Município de Porto Rico, foi preso no dia da eleição portando cocaína e dinheiro. Segundo relato do Policial que efetuou a prisão, Floriano Júnior teria dito que trabalhava para Josimar de Maranhãozinho e que tanto a droga quanto o dinheiro apreendido seriam para compra de votos. (Veja o processo aqui)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *