Sebrae certifica 22 Salas do Empreendedor do Maranhão

Os espaços de desburocratização receberam o Selo Sebrae de Referência em Atendimento, uma valorização da instituição ao esforço da gestão municipal em favor do desenvolvimento local.

Alegria e muita vibração marcaram a entrega do Selo Sebrae de Referência em Atendimento a 22 Salas do Empreendedor do Estado que mais se destacaram em 2022 pela qualidade dos atendimentos e serviços prestados ao empreendedor. A solenidade aconteceu na manhã desta quinta-feira, 10, durante programação inicial do Encontro Estadual de Atores de Desenvolvimento do Maranhão, realizado no Multicenter Negócios e Eventos, em São Luís e que certificou, ainda, 12 Salas do Empreendedor na categoria Prata e seis na categoria Bronze.

“Este reconhecimento é um momento de muita alegria para nós que integramos o Sebrae e estamos envolvidos no processo de desenvolvimento local, nessa parceria próspera junto às administrações municipais. É uma valorização do gestor público do município e das equipes de agentes de desenvolvimento que atuam nas Salas do Empreendedor”, apontou o diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, Albertino Leal.

A grande vencedora foi a Sala do Empreendedor de Matinha, município da Baixada Maranhense, seguida pela de São Luís /Regional Anjo da Guarda (2º lugar), Estreito (3º lugar) e Urbano Santos (4º lugar) – os quatro municípios vencedores na categoria Ouro. Na próxima etapa, Matinha vai concorrer com as Salas do Empreendedor de todo o Brasil, na categoria Diamante, selo concedido pelo Sebrae Nacional.

“Estamos muito felizes ao receber essa certificação que representa o esforço de nossa equipe no cumprimento das metas e do atendimento aos nossos empreendedores. Acreditamos e trabalhamos para fazer acontecer o empreendedorismo no município que, inclusive, tem uma prefeita empreendedora, premiada nacionalmente este ano pelo Sebrae. Ganhar o primeiro lugar do Selo Sebrae de Referência em Atendimento é uma coroação para Matinha por esse ano incrível para nós!”, comemorou a coordenadora da Sala do Empreendedor do município, Kelli Cutrim.

Da região Baixada Maranhense, foram seladas as Salas do Empreendedor dos municípios de Turilândia (10º lugar), na categoria Prata e Santa Helena (18º lugar), na categoria Bronze. Já na região do Litoral Ocidental, o município de Guimarães (15º lugar) recebeu a premiação categoria Prata.

Os municípios que receberam a premiação na categoria Prata foram Eugênio de Barros (5º lugar), São Domingos do Maranhão (6º lugar), Governador Nunes Freire (7º lugar), Santa Luzia do Paruá (8º lugar), Pastos Bons (9º lugar), Turilândia (10º lugar), Sítio Novo (11º lugar), Parnarama (12º), São Luís – regional Cohab (13º lugar), Coelho Neto (14º lugar), Guimarães (15º lugar), Buriticupu (16º lugar).

Já na categoria Bronze, os municípios com Salas do Empreendedor certificadas pelo Sebrae foram Itapecuru-Mirim (17º lugar), Santa Helena (18º lugar), São Mateus (19º lugar), Açailândia (20º lugar),Viana (21º lugar) e Porto Franco (22º lugar).

As Salas do Empreendedor são espaços previstos pela Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas (LC 123/2006) para desburocratizar processos empresariais junto aos órgãos envolvidos no funcionamento legal dos pequenos negócios. No Brasil, já são mais de 2.800 Salas do Empreendedor, espalhadas nos 5.568 municípios. Destas, pouco mais de 130 estão localizadas no Maranhão.

São nas Salas do Empreendedor que atuam o agente de desenvolvimento, um servidor da prefeitura nomeado para o cargo e treinado pelo Sebrae para o atendimento ao empreendedor local.

“As Salas do Empreendedor são espaços importantes para o desenvolvimento local, porque estimulam o empreendedorismo e a transformação econômica dos territórios, por meio de empreendimentos formalizados, equipes mais qualificadas e produtos mais competitivos no mercado”, destacou o diretor técnico do Sebrae Maranhão, Mauro Borralho de Andrade que, juntamente, com a coordenadora estadual das Salas do Empreendedor,Magnólia Everton, apresentaram os parâmetros que referendaram a competição.

Ganhos e números do atendimento
O executivo ressaltou conquistas e avanços das Salas do Empreendedor nos últimos anos, como o sistema de registro de interações vinculado ao Sistema de Atendimento Sebrae (SAS); ganhos em equipes, equipamentos e infraestrutura; presença digital – site, facebook, Instagram, whatsApp, Google, e a Sala do Empreendedor Digital que resultaram em números significativos.

“Em 2020, durante a pandemia, tivemos 1.500 pessoas atendidas nas Salas do Empreendedor. Em 2021, ultrapassamos os 10 mil atendimentos e, neste ano de 2022, até o momento, já foram registrados 33 mil atendimentos nas mais de 130 Salas do Empreendedor no estado, uma evolução que demonstra o crescimento dos pequenos negócios locais, impactando diretamente a economia dos municípios maranhenses”, pontuou Mauro Borralho de Andrade.

A competição e seus requisitos
Nesta primeira edição do Selo Sebrae de Referência em Atendimento foram inscritas 65 Salas do Empreendedor até março deste ano, de um total de 111 espaços na época. Todas as regiões maranhenses estavam representadas

Para receber a certificação, a equipe de jurados analisou os 13 critérios da competição, distribuídos em sete pilares – qualidade no atendimento, gestão, ambiente de negócios, infraestrutura, oferta de soluções, presença digital e capilaridade.

“Parabenizamos a todas as Salas do Empreendedor que venceram essa primeira edição do Selo de Referência em Atendimento e estimulamos as que não se inscreveram a estarem conosco no próximo ano, participando desse momento ímpar e que só traz reconhecimento aos municípios maranhenses”,finalizou o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae, Raimundo Coelho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.