Sapatinho: tesoureiro do Banco do Brasil e família são feitos reféns

Um tesoureiro do Banco do Brasil de Bacabal foi feito refém junto com sua esposa e filho menor na última terça-feira (26).

Cerca de quatro elementos invadiram a casa do funcionário ainda pela noite para obrigá-lo a entrar na agência pela manhã de ontem (27) , sacar dinheiro e entregar aos meliantes.

A quantia ainda não foi revelada. Após ter entregado o dinheiro aos criminosos, o funcionário e sua família foram liberados. A prática é conhecida como crime sapatinho, onde os bandidos fazem um funcionário junto com familiares como reféns para poder realizarem o assalto.

Os brandidos tomaram rumo ignorado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.