Prefeito Anderson defende direitos das comunidades tradicionais de Alcântara

Durante a abertura do painel “Atividade de Alcântara, Quilombolas e Base Espacial”, organizado pelo Governo do Maranhão, que reuniu nesta terça-feira (30) líderes das comunidades tradicionais do município, membros da Aeronáutica, antropólogos, além dos poderes judiciário e legislativo, o prefeito de Alcântara defendeu a não remoção das comunidades tradicionais em torno do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA).
O intuito do evento é auxiliar as comunidades a formular uma pauta única de contrapartidas sociais, para ser apresentada junto à Bancada Federal e ao Governo Federal. Em março, o país firmou acordo de cooperação científica e tecnológica com os Estados Unidos, que inclui a utilização da base maranhense. “Quero parabenizar o governador Flávio Dino porque este seminário é altamente produtivo. Já estamos na segunda reunião para tratar sobre o assunto, outras haverão nas comunidades de Alcântara para garantir os direitos dos quilombolas”, afirmou o prefeito.

O governador Flávio Dino defendeu a necessidade de garantir contrapartidas sociais em projeto que permite a exploração comercial do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), visando benefícios concretos para a população do estado. O prefeito voltou a defender que é favor do desenvolvimento tecnológico e do CLA. “o que defendemos são as reinvindicações firmadas no passado com as comunidades quilombolas e que não foram cumpridas. O Flávio Dino tem sido um grande líder e tenho certeza que, com sua influência, vamos garantir os direitos das comunidades tradicionais de Alcântara”, concluiu o prefeito Anderson.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.