Dos 217 municípios maranhenses, Haddad venceu em 214

Assim como nos demais estados do Nordeste, se dependesse do Maranhão, Jair Bolsonaro (PSL) não seria eleito presidente do Brasil.

Por aqui, o ex-capitão do Exército foi humilhado por Fernando Haddad (PT).

73,26% (2.428.599) dos 3.315.060 eleitores maranhenses que foram às urnas neste domingo (28) votaram em Haddad (PT); Bolsonaro foi escolhido por apenas 26,74% (886.461) do eleitorado.

Foi a segunda maior votação proporcional do petista no país, maior até que a votação do governador Flávio Dino (PCdoB) no primeiro turno.

Bolsonaro só venceu nos municípios de São Pedro dos Crentes, Açailândia e Imperatriz. Na capital, ele venceu na 76ª zona eleitoral.

 

A

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *