Penalva celebra 107 anos com estímulo das autoridades

Os 107 anos de soberania de Penalva, dia 10 de agosto, reuniu, numa programação de dois dias, civismo, cultura e esporte, com intensa participação da comunidade, estimulada pelas autoridades. O prefeito Ronildo Campos Silva presidiu as comemorações e rebateu as insinuações de que o custo da festa comprometeria recursos destinados a investimentos. “Trabalhamos com planejamento inteligente e nossos gastos estão racionalmente calculados, de modo a cada atividade ter o seu orçamento próprio. E mais: o aplicado voltará aos cofres públicos pela circulação do dinheiro”.

Os destaques da programação foram inaugurações de prédios e espaços públicos, implantação de serviços, abertura do Campeonato Penalvense de Futebol (acaba em dezembro, com premiação de R$ 50 mil), cerimonia cívica com corte de bolo e anúncios de obras, com recursos próprios, que consolidarão o processo de desenvolvimento e de bem-estar da população. Em discurso, o prefeito pediu que a comunidade ajude ao poder público a preservar o patrimônio público, “considerando que ser esta responsabilidade de todos”.

Eventos – Show gospel com a cantora Gisele Nascimento abriu a agenda, no dia 9 de agosto, depois da Primeira Pedalada Penalvense, com a participação de centenas de ciclistas. A promoção teve o objetivo de estimular a prática do ciclismo como atividade física destinada a contribuir para a manutenção de exercício saudáveis entre os cidadãos de todas as idades. A participação do público surpreendeu os organizadores, animando-os a prosseguir com a iniciativa em oportunidades futuras.

O 10 de agosto começou com cerimônia cívica e sessão pública com discurso do prefeito; entrega da restauração da Praça São José (a mais antiga da quinta cidade mais antiga do Maranhão, na primeira reforma em um século); o Centro de Monitoramento Eletrônico (32 câmeras), a cargo da Guarda Municipal (implantada na atual gestão). Mais a cavalgada cultural e encerramento com show de Léo Santana, Mara Pavanelly & Thaís Moreno, Ricky Farrada e Arthur Santana, na Praça de Eventos.

Anúncios/desabafo – Foram anunciadas obras de pavimentação asfáltica (10 quilômetros), revitalização da Beira-Rio, construção do balneário, de instalações para o Viva Cidadão, Procon e Detran, do quartel de Bombeiro Militar, do Centro de Referência do SAMU, Sistema de Municipalização de Trânsito e reforma da Creche do Sertãozinho (abandonada há mais de 10 anos). Tudo com recursos próprios.

Na coletiva que concedeu à imprensa, o prefeito lamentou que a celebração de tão importante data fosse relativizada pelos adversários, com denúncias de que estaria gastando recursos destinados a investimentos. Ele justificou a festa pela necessidade de exaltar o patriotismo da população, dar ao povo entretenimento e reverenciar o feito de importantes pioneiros que lutaram pela emancipação da cidade há mais de um século.

Sobre o investimento, informou que a gestão trabalha com rigoroso e eficiente planejamento, destinando orçamento próprio a cada atividade. “Temos reserva técnica e organizamos nossos custos de forma a não sacrificar nada que seja prioritários para a população, principalmente a carente”. Adiantou mais: “O que investimos na celebração volta aos cofres públicos pela circulação de dinheiro em torno de atividades formais e informais de negócios”, contabilizou.

Esportes – Outro destaque foram os feitos esportivos, atividade muito prestigiada pela administração. O secretário de Esportes, Alcenir Costa, informou sobre a abertura oficial do Campeonato Penalvense de Futebol, ocorrida durante os festejos e que se estenderá até dezembro. “Pela primeira vez teremos um incentivo financeiro de valor expressivo – R$ 50 mil – a serem distribuídos entre as cinco das 16 equipes com melhor desempenho na competição”, anunciou.

No complemento às informações esportivas ele se referiu à conquista de medalhas pelos estudantes que participaram dos Jogos Esportivos Penalvenses, da representação municipal nos Jogos Esportivos Maranhenses e exaltou as jogadoras do campeonato feminino de futebol, recentemente encerrado. “Esta valorização do esporte tem um viés social: ela atrai a atenção dos jovens, direcionando-os para atividade saudável e afastando-os dos comportamentos de risco”.

Política – O prefeito e seu vice, Robson Jansen Pereira, ouviram elogios dos vereadores Nonato Silveira, presidente da Câmara, e de Jeanderson Oliveira (Pierre). Os dois manifestaram orgulho em participar de uma gestão que valoriza a inclusão social, mostra dinamismo na atuação, seleciona acertadamente as prioridades administrativas e mira o futuro com os pés no presente. “Ronildo Campos veio para transformar, o que foi absorvido pelo povo, que lhe proporcionou um segundo mandato e acompanha com confiança seu desempenho”, acordam os dois parlamentares da Capital e Princesa dos Lagos Maranhenses.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.