Em Presidente Dutra, gestão de Raimundinho Audiolar prevê gasto de R$ 6,5 milhões com shows; MP pede o cancelamento

O Ministério Público do Maranhão através da 1º Promotoria de Justiça de Presidente Dutra emitiu uma recomendação ao prefeito município, Raimundinho da Audiolar (Republicanos) para o mesmo cancele a licitação que prevê o gasto de R$ 6.545.975,08 que seria gastos com a locação de estruturas, mão de obra especializada e a contratação de bandas para apresentação de shows artísticos na cidade.

Segundo MP, em tempos de crise, os recursos públicos devem ser canalizados para os serviços essenciais e contínuos, primando pela qualidade deles, a exemplo da saúde e educação, os quais não gozam de bom conceito perante a população.

Na recomendação, o promotor Clodoaldo Nascimento Araujo determinou que o prefeito “não utilize de recursos públicos para a organização e realização do evento festivo/shows referentes ao Pregão Eletrônico 13/2022 diante das razões acima expostas, de modo a atender aos princípios da razoabilidade, proporcionalidade, eficiência, economicidade e interesse público.

O promotor deu prazo de 48 horas para a gestão de Raimundinho da Audiolar se manifeste se acataria a recomendação do MP ou não. Segundo levantamento da Folha do Maranhão, mesmo após a recomendação do Ministério Público o processo de licitação segue normalmente, inclusive com a habilitação das empresas que vão participar do certame.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.