ROBERTO ROCHA ACEITA CONVITE DO PTB E FORTALECE BOLSONARO

O final do período da janela partidário também encerrou as especulações sobre a filiação do senador Roberto Rocha. Na quinta-feira (31), o senador recebeu em sua casa o presidente nacional, Marcus Vinícius e o tesoureiro nacional do PTB, que realizaram a entrega do convite da Executiva Nacional para o seu ingresso no partido, e atendendo orientação do presidente da república, Jair Bolsonaro (PL), oficializou a filiação partidária.

Outro senador nordestino retorna ao PTB, onde esteve por nove anos, trata-se do ex-presidente da República Fernando Collor. A partir de agora, o partido passará a contar com dois senadores do nordeste, potências no Maranhão e Alagoas, para fortalecer o projeto de reeleição do presidente Jair Bolsonaro. O PTB recebeu com entusiasmo as aquisições do Senado Federal, que trazem para a sigla, força e carisma, disse o partido.

Com relação a polêmica envolvendo o senador Roberto Rocha sobre o seu ingresso no PTB, o convite mais que evidente derruba por terra as versões deturpadas criadas em torno do fato e expõe a clareza de atitude e o livre arbítrio do senador. “Quando fui convidado para o PTB, na quinta-feira, na minha casa, pela executiva nacional do partido, o Lahesio já não tinha mais o PTB. Estavam todos zangados com ele, e solidários com a deputada Mical. Não participei da confusão, ainda assim, disse que só assinaria a ficha de filiação depois que eles falassem com o Lahesio. E tentaram muito lá em casa, sem sucesso. Depois o coronel Mauro, da executiva nacional, me enviou um áudio, tendo resolvido”, esclareceu Roberto Rocha.

As indagações agora são acerca do cargo majoritário o qual concorrerá nestas eleições. Sobre isso, disse Roberto Rocha: “Nunca dei uma única palavra sobre candidatura de governador. Em todas, as minhas falas tenho dito do meu desejo de disputar novamente o Senado, mas o futuro a Deus pertence”.(M)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.