Exposição da Fundaj traz memórias carnavalescas em desenhos de fantasias ao Shopping Guararapes

A mostra “Carnaval: Nassau, frevo, cana e caju” reúne desenhos do artista plástico Manoel Bandeira, da década de 1930

ara aproximar e demonstrar a força histórica e afetiva das festividades carnavalescas, a Fundação Joaquim Nabuco volta a abrir a exposição “Carnaval: Nassau, frevo, cana e caju”, que neste ano, está instalada no Shopping Guararapes. A iniciativa conta com desenhos de fantasias realizadas pelo artista plástico Manoel Bandeira (1900—1964) no final da década de 1930.

A iniciativa foi realizada no ano passado, trazendo memórias da festa que não pôde ocorrer e, com a mesma situação se repetindo neste fevereiro, a mostra volta a entrar em cartaz, dando um certo alento aos foliões saudosos. Ela é montada tendo como base os acervos do Centro de Documentação e Estudos da História Brasileira (Cehibra).

A curadoria da mostra foi realizada pelos pesquisadores Rita de Cássia e Rodrigo Cantarelli, a partir de croquis publicados no Anuário do Carnaval Pernambucano, que fazem parte da documentação preservada pelo Cehibra. Os desenhos das fantasias remetem a elementos da fauna e da flora, além de figuras históricas associadas à indústria e agroindústrias locais.

“A exposição ‘Carnaval: Nassau, Frevo, Cana e Caju’ é atemporal. Sempre valorizamos parcerias que proporcionam oportunidades de difundir o acervo da Fundação Joaquim Nabuco. O público que circula num centro de lojas é imenso e acima de tudo diverso. Sendo assim, estaremos cumprindo com a missão de compartilhar conhecimento e difundir a cultura brasileira, mais particularmente a nordestina”, explica Albertina Malta, coordenadora-geral do Cehibra.

Serviço

Exposição “Carnaval: Nassau, Frevo, Cana e Caju”,
De 01/02 a 02/03, no corredor do cinema do Shopping Guararapes
Segunda a sábado, das 9h às 22h
Domingo, das 12h às 21h.

Entrada gratuita

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.