Governo estimula vocações com Maranhão Musical

O vice-governador Carlos Brandão, representando o governador Flávio Dino, visitou Carutapera. Inaugurou realizações do governo municipal, inspecionou obras e serviços da parceria Estado versus Município e entregou conjunto de instrumentos musicais a instituições religiosas. Para o prefeito Airton Silva, a passagem da comitiva rendeu positivos resultados para o progresso municipal e o bem-estar da população. E simboliza a preocupação do governador com os municípios mais distantes e mais carentes.

O prefeito levou o vice para inaugurar uma quadra poliesportiva construída com recursos próprios e o acompanhou na entrega dos instrumentos musicais, na inspeção a obras e serviços resultantes da parceria (prédios do IEMA, Farol do Saber, Praça da Família) e entrega de insumos a programas sociais (forrageiras para agricultores familiares, capacetes para motoqueiros e kits esportivos). No caso da Praça da Família e seu entorno, em frente à única basílica existente no Estado, o vice acredita que ela será o cartão postal da cidade e estimulará o turismo religioso.
Porto – Brandão destacou como relevantes a pavimentação asfáltica da principal avenida da sede e de vias urbanas.

Lembrado, referiu-se ao projeto (ainda na prancheta) do Porto de Carutapera, instalação capital para o crescimento da pesca, mercado promissor para a geração de emprego e renda. Considerando que há expressiva mão de obra envolvida na atividade e o volume econômico que representa. Disse ele que o projeto está adiantado e logo poderá ser anunciado. Também previu para breve a inauguração do Restaurante Popular de Carutapera.

A entrega de instrumentos musicais para organizações religiosas foi o ponto alto da visita. O prefeito e o vice destacaram o benefício do Programa Maranhão Musical na “descoberta de vocações, no estímulo do talento e no fortalecimento do louvor”. Entendimento reforçado pelo titular da Secretaria Estadual de Relações Institucionais, pastor Enos Henrique Nogueira Ferreira. Ele recordou que seu pai, ex-deputado federal Costa Ferreira, fez política na região e sentiu-se gratificado por estar prestando serviço de alta relevância no exercício de sua função pública.

Pelos religiosos falaram o pastor Davi Borges e o padre José Raimundo. Ambos destacaram a importância dos instrumentos, principalmente no seio da mocidade. “É um grande incentivo para vocações musicais ainda recolhidas”, acordaram o pastor e o sacerdote. O pastor admitiu que não somente os que frequentam os templos terão oportunidade de desenvolver seus talentos, mas tantos quanto se mostrarem interessados em aprender atocar.No que concordou o padre José Raimundo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.