Bacurituba ganha Sala do Empreendedor

A prefeita Letícia Barros está interessada em estimular donos dos próprios negócios em seu município. Com esse objetivo negociou com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Maranhão a instalação da Sala do Empreendedor em Bacurituba. O escritório está instalado nas dependências do novo prédio da Prefeitura Municipal e conta com pessoal habilitado a fornecer as informações necessárias à organização de empreendimentos de pequeno e médio porte.

A abertura do espaço aconteceu com solenidade constante da programação dos 27 anos de emancipação do município, prestigiada pelo diretor regional do SEBRAE na Baixada Maranhense, sediado em Pinheiro, Fernando Reis. Coube a ele apresentar a equipe que vai orientar os futuros negociantes sobre como instalar e conduzir seus negócios, de forma a obterem sucesso.

Estrutura/estratégia – Na instalação trabalharão seis Agentes de Desenvolvimento. Eles orientarão os interessados em como abrir uma empresa, como identificar o mercado que pretendem explorar, que tipo de negócio é viável para a região, como proceder para fechar empresa. Aos já em atividade será oferecida capacitação, como selecionar empregados, busca de financiamento e outros aspectos empresariais.

Aos vereadores, secretários municipais e outras lideranças presentes, Letícia Barros observou ser esta a oportunidade de transformar idealizadores em empreendedores de fato e de direito, com orientação profissional, destinada a admitir a mão de obra emergente e diminuir a dependência do poder público neste particular. “A Sala do Empreendedor representa uma nova estratégia para desenvolver a economia local e impulsionar o surgimento de novos negócios. E o estabelecimento de importante parceria entre o Governo Municipal e o SEBRAE, em mais uma contribuição deste serviço ao município”, analisou a prefeita.

Fernando Reis informou que a Sala do Empreendedor “é um mecanismo criado pela Lei Geral da Micro e Pequena Empresa para desburocratizar a instalação de negócios, estimular a formação e formalização de pequenas e médias empresas e orientar os empreendedores sobre como expandir e consolidar seus experimentos. Fornecendo essa orientação, o SEBRAE fortalece a economia local e desasfixia o poder público na questão do fornecimento do trabalho”,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.