Fortuna prepara base para agronegócio

Com o de objetivo diminuir a dependência da comunidade para com o poder público, principalmente na oferta de trabalho e absorção de mão de obra, o prefeito de Fortuna, Sebastião da Costa Neto, reuniu-se com empresários e prefeitos da região, para avaliar o potencial econômico da região e trabalhar seu aproveitamento econômico-financeiro.
O prefeito assumiu o mandato (o primeiro) decidido a transformar a realidade econômica e social do município. Mas não quer a glória solitária: aposta no concurso das forças empresariais locais e de fora. E nos colegas de gestão, Como Salomão Barbosa (prefeito de Santa Filomena), no terceiro mandato e grande eleitor de vários gestores na área;

Pretensão – Sebastião Costa aposta num Fortuna de potencial plenamente aproveitável, com forte expressão regional e recursos próprios para consolidar políticas públicas bem sucedidas em saúde, educação, ação social e desenvolvimento sustentável. E aposta na troca de experiências para enriquecer seu plano de metas e promover o desenvolvimento que sonha para seu município.

No campo empresarial, vem recebendo auspiciosas visitas, como a do empresário paulista Leonilson Lopes Cruz. Comprador recente de extensa área no município, inicialmente ele arrendou um terço da propriedade para os antigos moradores continuarem com suas atividades. Ele se diz conquistado pela cordialidade do prefeito e programa plantar grãos.

Empregos – Ele conheceu uma experiência sobre plantio de mandioca e até cedeu parte de suas terras para a lavoura da raiz, operada por um grupo de paranaenses. Particularmente ele pretende operar de modo a favorecer o mercado de trabalho. Indagado sobre essa possibilidade, Lopes Cruz revelou que em São Paulo tem mais de mil trabalhadores sob suas ordens. E está dimensionando quantos serão em Fortuna.

O prefeito elogiou a parceria do empresário com os moradores e revelou o primeiro benefício advindo com a presença de Lopes Cruz: o asfaltamento da estrada que liga a sede de Fortuna a Jatobá (local de parte da propriedade comprada pelo paulista), serviço que será financiado pelo programa de parceria do Governo Flávio Dino.

Para o prefeito de Santa Filomena, Salomão Sousa, o compartilhamento de experiências é da mais alta valia para o desenvolvimento regional integrado. Ele diz que veio na qualidade de vizinho auscultar o que seja os interesses comuns e unir esforços para que o resultado final seja o progresso econômico e social das comunidades. “Temos uma vizinhança rica em experiências e o que queremos é distribuir as benesses entre todos, com resultados positivos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.