Pinheiro recebe mais um lote do imunizante contra a covid-19, dessa vez chega à cidade a vacina de Oxford/AstraZeneca

O Governo do estado iniciou, na segunda-feira (25), a distribuição das doses do primeiro lote da vacina de Oxford/AstraZeneca, recebido no último domingo (24), para os municípios que já notificaram a aplicação de 70% das doses da CoronaVac, dentre eles está Pinheiro.

A cidade recebeu nesse lote 570 doses do imunizante, que servirá para dar continuidade a aplicação da primeira dose dos grupos prioritários dessa primeira fase da campanha de vacinação. Pinheiro iniciou sua campanha com um lote de 679 doses da vacina CoronaVac do instituto Butantan e agora dará continuidade fazendo uso da vacina de Oxford/Astrazeneca. A previsão de aplicação da segunda dose de ambas as vacinas é de até 12 semanas após a primeira aplicação, o que dá um maior espaço de tempo para que mais pessoas recebam a primeira dose da vacina.

“Estamos seguindo nosso plano de imunização, como já foi dito, vamos adaptar o plano de acordo com a quantidade de vacinas que chegarem à cidade, esperamos que cada vez mais doses cheguem à Pinheiro, para que possamos o quanto antes imunizar os mais vulneráveis ao vírus”, afirmou o prefeito Luciano.

O estado do Maranhão ampliou o público alvo da campanha, agora além dos profissionais da saúde da linha de frente, o Estado irá imunizar pessoas que estão em tratamento de radioterapia, quimioterapia ou diálise, mediante apresentação de laudo e autorização médica. Fica a cargo dos municípios reavaliar o seu público alvo, no caso de Pinheiro, ainda hoje a coordenação do plano de vacinação municipal irá se reunir para decidir os novos rumos da campanha.

“Estamos imunizando o maior número de pessoas possível, com a chegada de mais um lote da vacina vamos rever o nosso público alvo, vamos avaliar a possibilidade de incluir mais um grupo prioritária na campanha, lembrando que aguardamos a chegada de mais lotes, para que cada vez mais pessoas sejam vacinadas”, disse Fred Lobato, secretário municipal de saúde.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.