Com a assinatura de 28 senadores, PEC amplia mandatos dos atuais prefeitos e vereadores e unifica eleições em 2022


Entre os senadores que assinam a proposta estão os maranhenses Weverton Rocha e Eliziane Gama; Pandemia do novo coronavírus é um dos motivos para a medida que pode unificar eleições.

Em função da pandemia no novo coronavírus e com o objetivo de evitar a propagação da doença, foi apresentada nesta quarta-feira, 20, no Senado uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para prorrogar os mandatos de prefeitos, vice-prefeitos e vereadores eleitos em 2016.

A PEC 19/20, introduz dispositivos ao Ato das Disposições Constitucionais Transitórias, a fim de tornar coincidentes os mandatos eletivos. Segundo a proposta, o mandato dos eleitos em 2016 terá a duração de seis anos.
Assim, a partir de 2022, passariam a ser gerais as eleições para presidente, governadores, prefeitos, senadores, deputados e vereadores.

A PEC foi assinada por 28 senadores. Como justificativa, foram considerados três objetivos: dar segurança jurídica ao pleito eleitoral municipal previsto para este ano, mas que deverá ser adiado em razão da pandemia; aproveitar os recursos destinados à justiça eleitoral na organização do pleito de 2020 para o combate ao coronavírus; unificar definitivamente as eleições municipais com os pleitos estaduais e federais, de modo a economizar na organização pela Justiça eleitoral e no fundo partidário.

Agora, o texto aguarda análise pelas Casas Legislativas.

32 pensou em “Com a assinatura de 28 senadores, PEC amplia mandatos dos atuais prefeitos e vereadores e unifica eleições em 2022

    • Tomara que adie mesmo as eleições, pelo menos dará mais tempo para o povo pensar bem e se unirem fazendo uma eleição sem um voto se quer, o povo já está cansado de viver enganado. Começando com o IPTIMAN desse psicopata desse BOlSONARO ,esse homem é um doente mental.

    • Voto sim, pois não teríamos mais esta questão de eleições a cada dois anos. Se vc analisar os prefeito só trabalha um ano do jeito que ele planeja, porque no primeiro ano de mandato ele trabalha com orçamento aprovado pela gestão passada, no segundo ano ele vai se preocupar na campanha dos deputados que ajudaram ele a ser eleito, no terceiro ano ele trabalha com seu orçamento, no quarto ano basicamente não se faz nada porque é ano eleitoral municipal.

  1. A tempo se fala nesta unificação das eleições agora com essa pandemia desenfreada que nao para de crescer e fazer cada dia mais vítimas neste pais nada mais justo que os congressistas mudarem este pleito para uma eleição geral em 2022.Muda Congresso eleição geral 2022!

  2. Diante de tamanha corrupção pelos atuais prefitos vale a cassação desses gestores sem que eles venham argumentar que não estarão em seus respectivos mandatos legais

  3. O povo brasileiro exige uma postura dos senadores contrária a ampliação de mandatos de prefeitos.
    Queremos que as eleições sejam mantidas de forma segura.

    • Ginaldodesouza. Concordo com,a eleição em 20 22. Por quer esse dinheiro q vão gastar na campanha sobra pra cuidar da sàude de todos Brasileiro.

    • Eu achou que as Eleições tem q se mantida para que os prefeitos e vereadores pare de robar mas culpando a pandemia Eleições ja

  4. Eu mesmo concordo já que esta o país nessa situação é melhor que seja adiada pra 2022 caminhamos juntos pra um Brasil melhor e menos corruptível estamos juntos avança Brasil

  5. Meu posicionamento é favorável, pelo fato de está prejudicado o periodo de campanha eleitoral devido a pandemia!
    Voto sim sou favorável

  6. meu nome é Luiz Amorim moro no interior do estado do para sou sim a favor da prorrogação dos mandatos dos prefeito e vereadores pelo simples motivo que eu não vou entra em fila para contrai esse viros maldito que em todo o Brasil a maioria do povo não respeito os decretos dos governantes

  7. Pingback: Com a assinatura de 28 senadores, PEC amplia mandatos dos atuais prefeitos e vereadores e unifica eleições em 2022 | DireitoEleitoral.info

  8. O Brasil precisa de reformas, essa é uma delas, a unificação das eleições por vários aspectos, a maior seria a economia aos cofres públicos, outra seria a compra de votos, eleições de 2 em 2 anos e firmados deputados segurar cabos eleitorais na compra de votos, além do mais só no Brasil existe eleições separadas, e seria uma forma do congresso fazer algo útil ao povo brasileiro, e agora seria o melhor momento com essa pandemia, fazer uso dessa grana no combate à doença, precisamos fazer pressão neste congresso.

  9. Até que enfim em meio a tantas incertezas surge algo positivo. A quanto tempo esperávamos por uma eleição unificada no nosso País, pois eleição de dois em dois anos mesmo com o potencial econômico do país não seria viável pois além dos gastos necessarios, com eles viriam outros extras que como todos sabem sempre existiram no nosso País. Parabenizo a iniciativa da equipe e torço e estarei a disposição para o que for necessário para o bom andamento deste projeto. Parabéns

  10. Importante decisão,.Como manter uma eleição em uma Pandemia dessa , seria de muita irresponsabilidade. Colocar em risco a vida das pessoas.

  11. Excelente proposta, as justificativas apresentadas condizem com a realidade, vários outros fatores incidiriam a favor.

    ELEIÇÕES GERAIS EM 2022!

  12. A mudança é medida salutar para o País. Os quatro bilhões que o TSE irá gas tar com as eleições, devem ser revertidos para a Pandemia e daqui a dois anos faremos a eleição.
    A prioridade, agora, é o combate ao Corona.
    Sejamos sensatos e responsáveis!!!!

  13. Eu concordo que as eleições sejam adiadas, pois os governantes poderiam gastar o dinheiro que usariam na eleição para ajudar na pandemia, só assim os governantes demonstrariam respeito pela população brasileira.

  14. Sou totalmente contra a essa proposta!
    Mater mais 2 anos um grupo de corruptos.
    É preciso mudar,tentar pelo menos acertar nas novas escolhas para governantes!

  15. Eu sou sim a favor da unificação , senhores e senhoras deputados e deputadas ,senadores e senadoras . será impossível que vcs não querem ver .que não tem condições nenhuma de haver eleição esse ano .vcs só vão sentir que não tem condições, quando o vírus Deus não permita isso quando alguém dos seus familiares morrerem dessa doença maltida .

  16. Sou favorável e aprovo que o pleito eleitoral seja em 2022 assim vamos fazer uma grande economia para o nosso país. Parabêns aos nossos Senadores e deputados que aprovaram essa PEC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *