Em Cururupu comunidade protesta por pavimentação de ruas e iluminação pública

A população da comunidade Quilombola Aliança, localizada na região rural de Cururupu, realizou uma grande manifestação em frente à prefeitura do município para cobrar entre as diversas demandas, a pavimentação das ruas, bem como da estrada que liga o povoado à sede, e iluminação pública, já que segundo os moradores, a localidade embora pagando pela taxa de iluminação, encontra-se às escuras.

Segundo os manifestantes, o ato de hoje (7), é fruto na inércia da prefeitura de Cururupu para com a comunidade, ainda segundo os moradores, mesmo após enviarem ofício solicitando melhorias, seus pleitos não foram atendidos, eles relatam ainda que, somente após a ameaça da manifestação foi enviado ao povoado máquinas, caçambas e homens para realizarem alguns reparos, na visão dos moradores, essa ação da prefeitura tinha um único objetivo, desmotivar o movimento, por essa razão, os moradores mantiveram o protesto afim de chamar atenção da população para os problemas vividos a anos na localidade, e por temer que não havendo a manifestação, o problema fique no esquecimento.

Um dos objetivos dos moradores era ser recebido pela prefeita Professora Rosinha, que simplesmente não apareceu na prefeitura na manhã desta terça-feira, mesmo sabendo que os moradores estariam no local na manhã de hoje. Quem esteve no local, foi o Secretário Municipal de Fazenda, Planejamento e Administração Ailton Abreu. A Polícia Militar também acompanhou a manifestação, garantiu a segurança dos manifestantes que se mantiveram pacíficos durante toda a manhã.

“A guarnição tem acompanhado desde início da manifestação e até o presente momento permanece dentro da normalidade”, falou ao ICURURUPU o Major Marcio André Oliveira Mendes, Comandante do 25º Batalhão de Polícia Militar sediado em Cururupu.

“A situação aqui das ruas da comunidade é bastante precária, as vias estão todas muito esburacadas. Com a chuva que está se aproximando a situação vai ficar ainda pior se nada for feito, muitos podem achar que demoramos a reivindicar, isso não é verdade, estamos reclamando a muito tempo, só que chegou num ponto que não da mais para aceitar essa situação”,  informou Iremar Rodrigues, presidente da Associação dos Moradores de Aliança.

Essa não é a primeira manifestação que a gestão da Prefeita professora Rosinha vem recebendo, ainda no início da gestão, centenas de servidores demitidos por decisão judicial foram às ruas protestar. Posteriormente houve outro protesto por regularização do salário dos servidores atrasados.

Até o momento a Prefeitura de Cururupu não se manifestou oficialmente sobre a manifestação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.