HERÓIS! Bombeiros evitam suicídio em São Luís

O Corpo de Bombeiros do Maranhão abortou uma tentativa de suicídio, na noite de ontem (25), em São Luís.

O caso ocorreu no Elevado do Café.

Segundo os bombeiros que participaram da ação, lotados no 1º BBM, o homem é de Bacabal e está em São Luís em busca de emprego porque contraiu muitas dívidas na cidade natal, onde deixou esposa e filhos.

Como não conseguiu trabalho, pensou em se matar. Mas foi demovido da ideia.

Atuaram na ocorrência o Sargento Branco, Sargento W. Júnior, Sargento C. Roberto, Sargento Furtado, Sargento C. Soares e Soldado Letícia.

VENDA DE CELULAR ROUBADO NA OLX LEVA A POLÍCIA A PRISÃO DE ASSALTANTES

A venda de um aparelho de telefone celular roubado no site de compra e vendas OLX, resultou na prisão de  Carlos Bruno Alcântara Sousa.  Ele foi preso por policiais da Delegacia Especial do Maiobão e autuado em flagrante por crime de receptação.  O celular havia sido roubado por dois homens armados que estavam em um veículo Fox de cor branca.  O assalto ocorreu no bairro do Turu e logo em seguida os mesmos bandidos assaltaram clientes e funcionários de um restaurante localizado no Cajueiro município de Paço do Lumiar.
PRISÃO
Após a prisão do receptador a polícia prendeu no Iguaiba,(Paço do Lumiar) um dos assaltantes identificado como Chayanne Sousa Castro. Com ele foi apreendido o veículo Fox usado nos assaltos, munições de revólver calibre 32 e quatro aparelhos de telefone celular. A polícia conseguiu chegar aos acusados quando uma das vítimas viu o anúncio de venda do seu celular que havia sido roubado na OLX. Ele  procurou a delegacia e o delegado Paulo Moreira e sua equipe deram apoio a vítima que se mostrou interessada em comprar o celular e marcou encontro com o receptador Carlos Bruno. O segundo assaltante que estava no carro em companhia de Chayanne no dia dos assaltos ainda não foi localizado pela polícia. Os acusados foram autuados em flagrante por crime de roubo na Delegacia Especial do Maiobão.

Terremoto é sentido no Brasil nas cidades de Manaus e algumas do Acre

Por volta das 4h40 da madrugada de hoje foi sentido um tremor na região do Alto do Amazonas, no Peru, que atingiu também Manaus e algumas cidades do estado do Acre, incluindo a capital Rio Branco.

Vários internautas comentaram nas redes que o terremoto tinha a magnitude de 8,3 graus, durando no Peru cerca de 2 minutos e 127 segundos.

Tanto no Peru quanto no Brasil não foi maiores prejuízos, mas o susto foi grande para quem acordou na madrugada com panelas mexendo, pratos e copos caindo.

Os comentários nas redes de Manaus mostram imagens de lustres balançando em casas e apartamentos, além de cadeiras se mexendo.

Bolsonaro diz que teve “uma boa conversa” com Flávio Dino

O governador Flávio Dino (PCdoB) contou ao o UOL detalhes do encontro de governadores do Nordeste no Recife. Primeiramente, sobre a reunião, disse foi “rápida e protocolar”. “Ele não cumprimentou nenhum de nós, e ninguém teve contato. Fizeram um negócio meio militarista. Foi uma coisa que chama a atenção, meio atípica. Acredito que eles têm uma psicose de segurança, não sei o que é. Tinha militar que parecia achar que haveria uma invasão estrangeira”, brincou.

Dino afirmou que a forma como a reunião foi organizada foi bem diferente de encontros com os últimos presidentes, onde havia maior liberdade de contato e participação dos convidados.

“Nós chegamos e ficamos confinados numa sala. Aí, daqui a pouco, nos chamaram ao local da reunião. Ele chegou, teve reunião, ele levantou e foi embora”, disse, ressaltando que os governadores nem sequer foram chamados para a visita ao Instituto Ricardo Brennand ou para a apresentação de uma orquestra. “Teve essa visita e a apresentação, e só o Paulo Câmara foi convidado. Eles estabelecem uma distância estranha, eu diria”, afirmou ao UOL.

Flávio Dino disse também que todos os governadores que pediram a palavra puderam falar. “Não houve qualquer animosidade, foi um clima tranquilo.”

Questionado sobre como foi o clima da reunião, Bolsonaro afirmou que havia sido bom e, para “provar”, chamou o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB). “Vem cá, Paulo Câmara, me dá um abraço hétero aqui”, disse, arrancando risada do anfitrião. “Não tem animosidade; até com o Flávio Dino, que é do PCdoB, tive uma boa conversa”, afirmou.

Fora os detalhes de bastidores, os governadores saíram satisfeitos do encontro no que se refere a recursos para financiamento do plano apresentado. “O ponto positivo foi a apresentação pelos governadores da proposta de que 30% do FNE seja usado em obras do plano. Porque questionamos: e o dinheiro para o plano? Precisava de uma coisa concreta. A sinalização do governo foi simpática”, afirmou Flávio Dino. (Com informações de Carlos Madeiro)

PADRASTO ESTUPRA ADOLESCENTE COM SINDROME DE DOWN

Uma adolescente de 17 anos e que tem síndrome de Down foi violentada sexualmente pelo ex-padrasto Manoel Oliveira Rodrigues, 47 anos. O crime ocorreu na noite desta sexta-feira, (25) na cidade de Senador Lá Roque e o acusado foi preso logo em seguida por uma guarnição da Polícia Militar do Estado do Maranhão.  Manoel foi preso depois de ter sido denunciado pela mãe que encontrou o  short da vítima com vestígios de sangue.
Manoel, que mora em companhia de dois filhos, quase era agredido por um deles.  O rapaz teria ficado revoltado ao saber que o pai havia abusado da menina. A mãe da vítima disse na delegacia que no mês passado flagrou a vítima saindo da casa do acusado e desconfiou que ela havia sido abusada sexualmente porque as roupas dela estavam sujas de barro. Ela alega que não denunciou o ex-companheiro porque ficou com receio que ele fizesse algo mais grave com a vítima. Ao ser interrogado Manoel  negou a prática do crime. No entanto pelos indícios apresentados foi autuado em flagrante pelo delegado  César  Andrade.

Homem preso em Imperatriz revela que já participou da morte de 50 pessoas na Região Tocantina

Suspeito de cometer vários homicídios na Região Tocantina, foi preso ontem em Imperatriz Hilton Alves Bonfim, 53 anos, mais conhecido por Macarrão.A polícia informou que Bonfim é um elemento de alta periculosidade.  

De acordo com informações dos policiais, o criminoso revelou para a equipe já ter participado de 50 execuções de pessoas, notadamente em Imperatriz. Boa parte delas nunca foi comprovada o autor.

HILTON é uma pessoa de altíssima periculosidade, bastante conhecido no meio policial, investigado e já condenado por diversos crimes e contra ele havia um mandato de prisão por homicídios.

Presepadas de Duarte abrem caminho para Rubens Júnior ser consenso no PCdoB

O PCdoB, até o momento, está muito polido em relação à disputa pela Prefeitura de São Luís em 2020.

O presidente estadual do partido, deputado federal Márcio Jerry, chegou a afirmar que a legenda teria três nomes em vista: o vice-prefeito Júlio Pinheiro, o deputado licenciado e secretário de Cidades Rubens Júnior e o deputado estadual Duarte Júnior.

Mas fica cada vez mais claro, internamente no partido, que o nome de Rubens Júnior deverá ser consenso.

Primeiro porque se trata de um nome leve, que tem histórico como parlamentar e tem na mão um gigantesco portfólio de obras para inaugurar em São Luís à frente da Secid.

O segundo fator são as presepadas de Duarte Júnior como parlamentar. Perdido, em atrito com colegas e com a imprensa, ele vai dissolvendo a cada vez que tenta aparecer.

Desta forma, o caminho está cada vez mais livre para Rubens Júnior ser a aposta do partido na disputa pela sucessão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior.

TRF-4 bloqueia R$ 3,5 bi em valores e bens do PSB e MDB, além de parlamentares e empreiteiras

O senador Valdir Raupp (MDB-RO), na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

SÃO PAULO – O Tribunal Regional Federal da 4ª Região ( TRF-4 ) determinou o bloqueio de valores e bens de acusados no valor de R$ 3,5 bilhões em ação de improbidade administrativa da Lava-Jato, incluindo o Partido Socialista Brasileiro ( PSB ) e o Movimento Democrático Brasileiro ( MDB ), além dos parlamentares Valdir Raupp (MDB/RO),Fernando Bezerra (PSB/PE), Eduardo da Fonte (PP/PE). Os espólios de Sérgio Guerra (PSDB/PE) e Eduardo Campos (PSB/PE), morto em 2014, também foram incluídos no bloqueio.

Em cumprimento à decisão do tribunal, a Justiça Federal de Curitiba determinou o bloqueio de valores correspondentes em R$ 1.894.115.049,55, nos casos do MDB, de Valdir Raupp, da Vital Engenharia Ambiental, de André Gustavo de Farias Ferreira, de Augusto Amorim Costa, de Othon Zanoide de Moraes Filho, Petrônio Braz Junior e do espólio de Ildefonso Colares Filho.

Também de até R$ 816.846.210,75 do PSB; R$ 258.707.112,76 de Fernando Bezerra Coelho e espólio de Eduardo Campos; de R$ 107.781.450,00 do espólio de Sérgio Guerra, de R$ 333.344.350,00 de Eduardo da Fonte; de até R$ 200.000,00 de Maria Cleia Santos de Oliveira e Pedro Roberto Rocha; de até R$ 162.899.489,88 de Aldo Guedes Álvaro e de até 3% do faturamento da Queiroz Galvão — precatório de R$ 210 milhões que a construtora estava prestes a receber do estado de Alagoas.

— Esse é o maior bloqueio individual de valores no País realizado até agora pela Lava-jato, feito sobre um dos maiores precatórios da história do Estado de Alagoas que corresponde sozinho a mais de quatro vezes tudo o que o Estado pagou no ano de 2017 — declarou Isabel Vieira Groba, procuradora regional da República e integrante da força-tarefa no Paraná.

O primeiro esquema criminoso objeto da ação se refere a um esquema realizado na petrolífera, entre 2004 e 2014, no qual um cartel de construtoras fraudava procedimentos de licitação da estatal em grandes obras. O esquema, que contava com a participação de empregados públicos no alto escalão da Petrobras, inflava os lucros de modo indevido. Os ganhos passavam por um processo de lavagem de dinheiro por meio de operadores financeiros. A propina, então, era entregue aos executivos da petrolífera e aos políticos e partidos envolvidos no apadrinhamento dos dirigentes.

O segundo esquema envolve a propina recebida por Eduardo da Fonte e Sérgio Guerra, em 2009, para que a CPI da Petrobras não interrompesse o esquema criminoso. A CPI acabou instalada, mas houve apenas sugestões para sanar “divergências metodológicas” sobre a estimativa de custos nas obras. Na comissão, nenhum executivo da Queiroz Galvão nem da Galvão Engenharia foi prestou depoimento.

O que define a lei

A lei prevê três tipos de atos de improbidade administrativa, que têm o objetivo de responsabilizar agentes públicos por desvios de conduta e que geram diferentes sanções:

  • Atos que envolvem enriquecimento ilícito
  • Atos que causam dano aos cofres públicos
  • Atos que atentam contra os princípios da administração pública

Na ação proposta pelo Ministério Público, o esquema de corrupção na Petrobras descrito compreende as três modalidades de improbidade, mas foi pedido que as sanções mais graves fossem aplicadas — aquelas relacionadas às situações de enriquecimento ilícito — e secundariamente as demais sanções.

Outro lado

Em nota, o MDB diz que a decisão dada pelo TRF-4 de bloqueio de valores de R$ 1,8 bilhão “não se refere ao MDB Nacional, que não é parte no processo”. A decisão, de acordo com a legenda,  “é para o MDB-RO” e que  “pela legislação, os diretórios estaduais do partido são financeiramente e judicialmente autônomos, inclusive sendo pessoas jurídicas distintas”.

Preso homem que estuprou menor no interior do Maranhão

Foi preso ontem, quinta-feira (23) na cidade de Conceição do Lago Açu, Lourival Correa Cardoso, suspeito de estuprar uma menor por 120 minutos e depois fugir por quase um ano. A menina tem 15 anos.

Cardoso retornou ao seu município de origem oito meses depois do crime cometido em setembro de 2018 em um povoado da zona rural, conforme informações de policiais.

Assim que familiares da vítima informaram a volta do acusado, a polícia foi até o povoado e prendeu o homem, que foi levado para a Regional de Bacabal.

Jovem confessa ter ateado fogo em escola pública em SP após sofrer bullying

Um rapaz de 20 anos foi preso após confessar ter incendiado uma escola estadual em Pariquera-Açu, em São Paulo. Ele é ex- aluno da unidade, confessou o crime por sofrer bullying, e também revelou ter queimado as roupas usadas no dia do ataque. Ele foi localizado em casa pela polícia.

O incêndio destruiu partes da Escola Estadual Professor José Vicente Bertoli, no bairro Angatuba. A unidade atende mais de 400 alunos. Uma das salas destruídas era usada por uma turma do 9º ano, livros, móveis, a forração do teto e parte do laboratório de informática também foram destruídos.

A motivação, segundo o delegado Fábio Maia, foi o bullying sofrido ele por moradores do bairro e estudantes da unidade. “Ele deixou a escola há alguns anos, mas afirmou que zombavam dele, principalmente quando jogava bola, e queria fazer algo que chamasse a atenção”, explicou.

Na quinta-feira (23), investigadores da Delegacia Sede da cidade cumpriram mandado de busca e apreensão na casa do jovem, que era investigado como um dos suspeitos. A polícia não divulgou o nome do rapaz, mas afirmou que ele mantinha um comportamento “fechado”.

Uma das salas teve o teto comprometido após incêndio em Pariquera-Açu, SP — Foto: G1 Santos

Uma das salas teve o teto comprometido após incêndio em Pariquera-Açu, SP — Foto: G1 Santos

Incêndio

O criminoso saiu de casa por volta de meia noite do último dia 14, usando uma touca para cobrir o rosto. Ele também levava uma roupa para se trocar após o crime. Na escola, estourou a grade da cozinha, por onde entrou, pegou um isqueiro, e quebrou uma câmera de monitoramento.

“Ela não funcionava, mas ele não sabia. Depois que colocou fogo nas salas, ele queimou tudo que usou: a touca, o isqueiro, a roupa que vestia e a câmera que havia quebrado”, disse o delegado responsável pelo caso. A ação foi arquitetada por pelo menos dois dias até ser executada.

O jovem permaneceu detido na unidade, onde foi registrado boletim de ocorrência. A Polícia Civil solicitará a prisão preventiva do criminoso, que permanecerá recolhido na carceragem da unidade e à disposição da Justiça.

Incêndio em escola de Pariquera-Açu, SP, destruiu grande parte do material didático — Foto: G1 Santos

Incêndio em escola de Pariquera-Açu, SP, destruiu grande parte do material didático — Foto: G1 Santos

Caso foi registrado na Delegacia Sede de Pariquera-Açu, SP — Foto: Reprodução/TV TribunaCaso foi registrado na Delegacia Sede de Pariquera-Açu, SP — Foto: Reprodução/TV Tribuna

Caso foi registrado na Delegacia Sede de Pariquera-Açu, SP — Foto: Reprodução/TV Tribuna