Bagunça no concurso público em Itapecuru; envelopes estavam escancarados

Por essa ninguém esperava. Ao chegarem às salas nos colégios onde seriam realizadas as provas para concurso da Prefeitura de Itapecuru-Mirim, as pessoas foram tomadas de surpresa com os envelopes do certame já escancarados. A reação foi geral e a ampla maioria deixou o local.

Em qualquer concurso que se preze, os envelopes são abertos pelos fiscais na presença de quem vai realizar o certame e não como aconteceu na manhã de hoje, domingo (14) em Itapecuru.
O Instituto Coelho Neto, que organizou o evento, mandou suspender o concurso. Aliás, os últimos concursos no Maranhão são de uma desorganização que beira ao ridículo, recheados de fraudes e contaminados para favorecer parentes e aliados de gestores municipais.
Ao que parece, são institutos com passagens duvidosas e acusações em cidades de outros estados e que no Maranhão não são enxergados, na sua maioria, pelo Ministério Público.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *